Comboio de mais de 1.000 pessoas chega a Zaporizhzhia na Ucrânia

Maioria dos civis transportados pela Cruz Vermelha fugiu da cidade ucraniana sitiada de Mariupol, duramente castigada por bombardeios russos

Agência Brasil - 07 de abril de 2022, 08:20

Foto: Divulgação/Cruz Vermelha
Foto: Divulgação/Cruz Vermelha

Uma equipe do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) liderou um comboio de ônibus e carros particulares transportando mais de 1.000 pessoas para Zaporizhzhia depois que os civis fugiram sozinhos da cidade ucraniana sitiada de Mariupol, disse o CICV nesta quarta-feira (6).

“A chegada deste comboio a Zaporizhzhia é um grande alívio para centenas de pessoas que sofreram imensamente e agora estão em um local mais seguro. Está claro, porém, que milhares de civis presos dentro de Mariupol precisam de uma passagem segura e de ajuda", disse Pascal Hundt, chefe da delegação do CICV na Ucrânia, em comunicado.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha trabalha na Ucrânia desde 2014 e recentemente levou mais de 700 toneladas de suprimentos médicos, alimentos e itens de primeira necessidade para o país.