Coronavírus no Brasil: 23.340 casos confirmados e 1.328 mortes pela doença

Jorge de Sousa

Em coletiva sem a presença de Luiz Henrique Mandetta, o Ministério da Saúde confirmou 23.340 casos confirmados e 1.328 mortes pelo coronavírus no Brasil

Em coletiva interministerial sem a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o Ministério da Saúde divulgou boletim nesta segunda-feira (13) com 23.340 casos confirmados e 1.328 mortes pelo novo coronavírus (Covid-19) no Brasil.

Participaram da coletiva apenas os ministros da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e dos Direitos Humanos, Damares Alves. Ambos não responderam o motivo da ausência de Mandetta, que estava confirmada previamente pela Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social).

Em comparação com o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde neste domingo, foram registradas altas de 5% nos casos confirmados (1.261 novos casos) e de 8% nas mortes (novos 105 óbitos).

O Brasil segue mantendo uma taxa de letalidade na casa de 5,7%, sendo que o único estado que ainda não registrou óbitos no país foi Tocantins.

Analisando o coeficiente de incidência do coronavírus por 1 milhão de habitantes, aparecem como acima da média nacional os estados do Amazonas, Amapá, Ceará, Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro.

Já entre as capitais aparecem em estado crítico para a incidência do coronavírus as cidades de Fortaleza, São Paulo, Manaus, Macapá, Florianópolis, Recife, São Luis, Rio de Janeiro, Vitória, Porto Alegre, Brasília e Boa Vista.

CORONAVÍRUS: DADOS DA COVID-19 POR ESTADO

  1. São Paulo: 8.895 casos e 608 óbitos
  2. Rio de Janeiro: 3.231 casos e 188 óbitos
  3. Ceará: 1.800 casos e 91 óbitos
  4. Amazonas: 1.275 casos e 71 óbitos
  5. Pernambuco: 1.154 e 102 óbitos
  6. Minas Gerais: 815 casos e 23 óbitos
  7. Santa Catarina: 777 casos e 24 óbitos
  8. Paraná: 756 casos e 31 óbitos
  9. Bahia: 723 casos e 22 óbitos
  10. Rio Grande do Sul: 664 casos e 16 óbitos
  11. Distrito Federal: 638 casos e 15 óbitos
  12. Maranhão: 445 casos e 27 óbitos
  13. Espírito Santo: 430 casos e 14 óbitos
  14. Rio Grande do Norte: 339 casos e 17 óbitos
  15. Pará: 270 casos e 15 óbitos
  16. Amapá: 242 casos e 5 óbitos
  17. Goiás: 233 casos e 15 óbitos
  18. Mato Grosso: 134 casos e 4 óbitos
  19. Mato Grosso do Sul: 113 casos e 4 óbitos
  20. Paraíba: 111 casos e 13 óbitos
  21. Acre: 90 casos e 3 óbitos
  22. Roraima: 83 casos e 3 óbitos
  23. Alagoas: 50 casos e 3 óbitos
  24. Piauí: 50 casos e 8 óbitos
  25. Sergipe: 44 casos e 4 óbitos
  26. Rondônia: 42 casos e 2 óbitos
  27. Tocantins: 26 casos

MINISTÉRIO DA SAÚDE CONFIRMA 4,5 MIL RESPIRADORES

Para auxiliar os hospitais do SUS (Sistema Único de Saúde) no combate ao coronavírus em todo Brasil, o Ministério da Saúde anunciou que adquiriu mais 4,5 respiradores junto a empresa Intermed.

Anteriormente o Ministério da Saúde já havia anunciado a compra de outros 6,5 mil respiradores junto da empresa Magnamed, totalizando dessa forma 11 mil equipamentos. Além disso, a Receita Federal encaminhou outros 13 mil para a destinação ao SUS.

Sem a presença de Mandetta, coube ao secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabardo, fazer esses anúncios logísticos. Gabardo ainda explicou que o foco na destinação dos respiradores será para os municípios de Fortaleza, Manaus e Macapá, avaliados em situação crítica pelo governo.

Previous ArticleNext Article