Bombeiros encontram corpo de quarta vítima do acidente na BR-277

Andreza Rossini


Subiu para quatro o número de vítimas fatais no acidente envolvendo um caminhão tanque carregado de etanol que explodiu na BR-277, em Morretes, no Litoral do Paraná, e atingiu 12 veículos. O corpo da quarta vítima foi encontradao pelo Corpo de Bombeiros caído em um barranco às margens da rodovia, na manhã desta segunda-feira (4), segundo informações da Polícia Rodoviária Federal.

Ainda não foi possível identificar a vítima, que estava com o corpo carbonizado. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para o atendimento. Testemunhas do acidente disseram que o homem deixou uma criança às margens da rodovia. Suspeita-se que ele seja o pai da criança de 40 dias, que foi encontrada sem ferimentos graves próximo ao local do acidente. Ela foi encaminhada ao Hospital Evangélico, em Curitiba, e deve ser liberada assim que um familiar a buscar.

Segundo a comunicação do hospital, uma parente teria procurado pelo bebê. A mulher teria se identificado como tia da menina e disse ao hospital que é de Morretes.

A bebê teria sido salva pelos pais no momento do acidente, que a jogaram do carro quando perceberam que o veículo pegaria fogo.  Porém, os policiais não descartam a possibilidade de o bebê não ter relação com o acidente e trabalham com a versão que de ele teria sido abandonado no local antes do ocorrido. A hipótese é baseada no estado da criança, que foi encontrada praticamente sem lesões.
Motorista de acidente na BR-277 deve responder por homicídio culposo

Homicídio culposo

O motorista do caminhão sobreviveu e foi preso após prestar depoimento. Ele deve responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Testes não indicaram ingestão de bebidas alcoólicas e nem de drogas.

Previous ArticleNext Article