Corpo de dom Paulo será sepultado nesta sexta na Catedral da Sé

Julie Gelenski


Com informações da Agência Brasil

O corpo do cardeal e arcebispo emérito da Arquidiocese de São Paulo, dom Paulo Evaristo Arns, será sepultado hoje (16) na Catedral da Sé, no centro da capital paulista.

A cerimônia de sepultamento terá início as 15h, com uma missa de corpo presente presidida pelo arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer.

Após a missa, o corpo de dom Paulo será levado para a cripta, localizada no subsolo da catedral onde foram sepultados 11 bispos, dois arcebispos, o cacique Tibiriçá, que foi catequizado por jesuítas; o regente Feijó e o padre Bartholomeu de Gusmão, que ficou conhecido pela invenção de balões.

“Às 15h, daremos início à última celebração, que será de despedida. Haverá algumas homenagens e depois teremos a missa e, no final, faz-se uma oração de encomendação a Deus, como dizemos, do falecido. Em seguida, é transportado para a cripta, onde será tumulado, com o jazigo já pronto dentro da cripta”, explicou dom Odilo a jornalistas.

O corpo será conduzido para a cripta por seis padres. A cerimônia será fechada ao público, com a presença apenas de arcebispos, bispos, autoridades e parentes. Após o sepultamento, a cripta será aberta para o público.

“Apenas concluído o trabalho de fechamento do túmulo, já certamente será aberta a cripta para visitação”, disse dom Odilo. Segundo o cardeal arcebispo, a catedral deverá se organizar, nos próximos dias, para manter a cripta aberta para visitação. “Naturalmente vai ter maior interesse de visita à cripta, agora que haverá ali o túmulo de dom Paulo. A catedral vai se organizar para poder atender adequadamente as pessoas”.

Dom Paulo será o terceiro arcebispo e o primeiro cardeal a ser sepultado no local. O último a ser enterrado no local foi dom José Gaspar d’Afonseca e Silva, morto em 1943.

O velório de dom Paulo começou às 20h de quarta-feira (14) e ocorrerá, de forma ininterrupta, até a tarde, quando será feito o sepultamento. A cada duas horas serão realizadas missas, totalizando 23 missas de corpo presente. No intervalo das missas, as pessoas poderão se aproximar do corpo para as despedidas e orações.

Fiéis, o Papa e Lula fazema ultima homenagem de Dom Paulo

Filas ininterruptas se formaram na praça da Sé (centro de São Paulo) com pessoas querendo prestar a última homenagem ao cardeal Paulo Evaristo Arns, arcebispo emérito de São Paulo.

O papa Francisco enviou ontem uma nota de pesar pelo falecimento. Nela, ele qualificou dom Paulo como “intrépido pastor, que no seu ministério eclesial se revelou autêntica testemunha do Evangelho no meio do seu povo”. Destacou ainda que ele esteve em “permanente atenção pelos mais desfavorecidos”.

O ex-presidente Lulaesteve no fim da tarde de ontem na catedral para se despedir de dom Paulo.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="403804" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]