Corpos da delegação da Chapecoense são identificados e liberados

O Ministério das Relações Exteriores informou que os corpos das vítimas do acidente de avião com a equipe da Associação ..

Jordana Martinez - 01 de dezembro de 2016, 16:57

O Ministério das Relações Exteriores informou que os corpos das vítimas do acidente de avião com a equipe da Associação Chapecoense de Futebol começam a ser liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) de Medellín para o processo de embalsamento e preparação para viagem. Dos 15 já liberados, 10 são brasileiros, quatro bolivianos e um venezuelano.

Segundo a assessoria do Itamaraty, a prefeitura de Medellín informou que o processo de identificação das 71 vítimas já foi concluído, após trabalharem durante toda a madrugada. Os corpos que serão transportados ao Brasil pelo governo brasileiro deverão chegar juntos a Chapecó (SC).

A previsão é de que nesta sexta seja realizada a cerimônia coletiva dentro do estádio. Um cortejo seguirá do aeroporto até a Arena Condá. Os corpos de jogadores que eram de Chapecó devem permanecer no velório por 12 horas. Já os de outras cidades ficarão por cerca de quatro horas e depois liberados para as cidades de origem.

Dentro do gramado não será permitida a presença de torcedores, que ficarão nas arquibancadas. Apenas familiares, amigos e profissionais de imprensa serão credenciados para permanecer próximo aos corpos.

O avião que levava a delegação da Chapecoense e jornalistas à Colômbia, caiu próximo ao município colombiano na última terça-feira (29), deixando 71 mortos e seis feridos. A equipe catarinense disputaria ontem (30) a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional.