Curitiba recebe Mostra BRDE de Cinema Brasileiro nesta semana

Mariana Ohde


Curitiba vai receber, nesta semana, a Mostra BRDE de Cinema Brasileiro, realizada pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) como parte das comemorações dos 55 anos da instituição. A mostra, que já passou por Porto Alegre e Florianópolis, é gratuita e disponibilizará ao público sete filmes nacionais realizados com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), do qual o BRDE é agente financeiro.

As exibições acontecem no Auditório Poty Lazzarotto, do Museu Oscar Niemeyer. A abertura acontece nesta segunda-feira (27), com uma sessão exclusiva para convidados. As exibições para o público em geral começam na terça-feira (28) e seguem até quinta-feira (30) em dois horários, às 14h30 e às 19h30. Na quinta, último dia da mostra, haverá também uma sessão extra às 17 horas.

Entre as obras selecionadas estão duas animações. Uma delas é “Até que a Sbórnia nos separe”, livremente inspirado no espetáculo Tangos & Tragédias, criado e interpretado pela dupla gaúcha Hique Gomez e Nico Nicolaiewsky, falecido em 2014. Na animação, com vozes dos dois gaúchos, Fernanda Takay e Arlete Salles, o fictício país da Sbórnia, se vê em apuros quando o muro que separa o país do resto do mundo cai repentinamente.

A outra animação em cartaz, “Bruxarias”, é voltada para crianças e conta a história de uma menina que descobre ser de uma linhagem de feiticeiras e precisa salvar a avó e os segredos da família. O único documentário na mostra é “Ivan”, do paranaense Guto Pasko. O documentarista conheceu o personagem-título durante a realização de outro documentário, “Made in Ucrânia”, de 2006. A partir da leitura dos diários de Ivan, o cineasta concebeu o documentário que narra história do ucraniano sobrevivente da Segunda Guerra Mundial, que fugiu para o Brasil e depois de quase 70 anos volta à terra natal.

A programação da mostra ainda conta com os dramas “Para Minha Amada Morta”, que levou 7 prêmios no Festival de Cinema de Brasília no ano passado; “Oração do Amor Selvagem”, com o ator Chico Diaz como protagonista; “Real beleza”, com direção de Jorge Furtado e Adriana Esteves e Vladimir Brichta nos papeis principais e “Beira-mar”, premiado no Festival de Cinema do Rio no ano passado.

Serviço

Mostra BRDE de Cinema Brasileiro
Data: de 27 a 30 de junho
Local: Auditório Poty Lazzarotto, Museu Oscar Niemeyer (Rua Marechal Hermes, 999)
Horário: 14h30 e 19h30, conforme programação.
Informações: (41) 3219-8173
As exibições são gratuitas.

Programação

Dia 27/06 – Sessão exclusiva para convidados

20h: Iván – De Volta ao Passado (documentário)
Sinopse: O filme narra o emocionante retorno do refugiado ucraniano no Brasil Iván Bojko à sua terra natal, 68 anos depois, já aos 91 anos de idade.
Classificação indicativa: 10 anos

Dia 28/06

14h30: Até que a Sbórnia nos Separe (animação)
Sinopse: O que acontece quando o muro que separa um pequeno país do resto do mundo cai acidentalmente? Tranquilo e parado no tempo, o povo da Sbórnia é agora atingido pelos ventos da modernidade vindos da cidade grande. Inspirado no espetáculo gaúcho Tangos & Tragédias.
Classificação indicativa: 10 anos

19h30: Para Minha Amada Morta (drama)
Sinopse: Fernando é um bom homem que cuida do seu filho único, Daniel, um menino tímido e sensível. Depois da morte de Ana, sua esposa, todas as noites Fernando recorda o seu amor, arrumando as coisas de sua amada morta. Um dia ele encontra uma fita VHS, que mudará tudo. O filme foi bastante elogiado pela crítica, sendo premiado no 48º Festival de Brasília de Cinema Brasileiro.
Classificação indicativa: 16 anos

Dia 29/06

14h30: Bruxarias (Animação)
Sinopse: Voltado para o público infantil, conta a história de uma menina de dez anos que vive uma aventura para salvar a avó e os segredos de sua família. Com pitadas de bom humor, a jornada desta heroína, que descobre ser de uma linhagem de feiticeiras e que tem nas receitas da avó um valioso tesouro, será contada através da linguagem fantástica da animação.
Classificação indicativa: livre

19h30: Oração do Amor Selvagem (drama)
Sinopse: No fim dos anos 1970, em uma sociedade isolada no interior que vive a ascensão de novas religiões e seitas, um homem desafia as leis divinas e viaja para defender os seus princípios e a sua liberdade. Mas o que parecia ser a felicidade em um vilarejo de crentes, torna-se um labirinto de ciúme, fanatismo e violência. Foi inspirado em crimes reais cometidos em uma comunidade do interior de Santa Catarina na década de 1970.
Classificação indicativa: 16 anos

Dia 30/ 06

14h30: Real Beleza (drama)
Sinopse: O filme conta a história de João, um fotógrafo que procura candidatas à modelo. João conhece uma jovem de rara beleza, Maria, e acaba se envolvendo com a mãe dela, Anita. O pai da menina, Pedro, não quer deixar que ela seja modelo. João se apaixona por Anita e agora quer levar embora mãe e filha.
Classificação indicativa: 14 anos

17h: Beira-Mar (drama)
Sinopse: Durante o inverno, dois jovens viajam ao litoral gaúcho. Martin precisa visitar parentes distantes, em busca de um documento para seu pai. Tomaz aceita acompanhá-lo nessa jornada, aproveitando a oportunidade para se reaproximar do amigo. Alternando entre distrações corriqueiras, reflexões sobre suas vidas e sua amizade, os garotos se abrigam em uma casa de vidro, à beira de um mar frio e revolto.
Classificação indicativa: 14 anos

19h30: Iván – De Volta ao Passado (documentário)
Sinopse: O filme narra o emocionante retorno do refugiado ucraniano no Brasil Iván Bojko à sua terra natal, 68 anos depois, já aos 91 anos de idade.
Classificação indicativa: 10 anos

*As exibições são gratuitas e acontecem no Auditório Poty Lazzarotto, no Museu Oscar Niemeyer. Não há necessidade de retirar convites antecipadamente.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal