Dia Mundial da Prematuridade alerta sobre problema que atinge 340 mil bebês no Brasil

Redação

Dia Mundial da Prematuridade alerta sobre problema que atinge 340 mil bebês no Brasil

O dia 17 de novembro marca a celebração do Dia Mundial da Prematuridade, criado para chamar a atenção para um problema que atinge 15 milhões de crianças todos os anos ao redor do mundo.

No Brasil, 340 mil bebês nascem prematuros todo ano, o equivalente a 931 por dia ou a 6 prematuros a cada 10 minutos.

Mais de 12% dos nascimentos no país acontecem antes da gestação completar 37 semanas, o dobro do índice de países europeus. Os problemas da prematuridade vão além do baixo peso, um prematuro precisa de cuidados especiais na UTI, o que aumenta em três vezes o risco de morte e sequelas futuras para sua vida adulta.

A prematuridade não é unifatorial. Ausência de cuidados no pré-natal, os hábitos de vida da mãe (como uso de drogas e álcool), estresse, infecções urinárias, diabetes, obesidade e hipertensão, entre outros podem ocasionar a antecipação do nascimento.

Segundo Liamara Kano – gerente assistencial do Hospital da Mulher e Maternidade Nossa Senhora de Fátima a gestação de gêmeos também pode acarretar a prematuridade. “

Bebês em dose dupla significa cuidado em dose dupla, ou tripla, ou quádrupla. O corpo da mãe se transforma de forma muito mais intensa. Geralmente estes bebês tendem a nascer antes por aumentarem os fatores de risco que uma gestação natural já tem. Não necessariamente toda a mãe de gêmeos terá parto prematuro, mas as chances de um prematuro limítrofe aumentam”, explica a enfermeira

A EFCNI (Fundação Europeia para o Cuidado do Recém-nascido), parceira da ONG Prematuridade.com, iniciou a primeira reunião de organizações de pais da Europa em Roma, na Itália.

Durante esta reunião, os representantes decidiram criar um dia de conscientização para bebês prematuros e suas famílias.

O 17 de novembro foi escolhido porque este dia tem um significado muito especial e emocionante para um dos fundadores da EFCNI: após a morte de seus trigêmeos prematuros, em dezembro de 2006, ele tornou-se pai de uma filha nascida em 17 de novembro de 2008. Ao mesmo tempo, o March of Dimes, organização de caridade Americana para prematuros e recém-nascidos, teve uma ideia semelhante e lançou um Dia da Consciência para a Prematuridade, em 17 de novembro nos EUA.”

E por que a cor roxa? O roxo simboliza sensibilidade e individualidade, características que são muito peculiares aos nossos pequeninos. O roxo também significa transmutação, ou seja, mudança; a arte de transformar algo em outra forma ou substância, transformação. Alguém aí duvida que nossos heróis são capazes de transformar dor em força, fé e amor?

No mundo todo, 1 em cada 10 bebês nasce prematuro. Todos os anos, cerca de 15 milhões de crianças nascem antes do tempo (dados de 2012). E esse número continua aumentando, apesar do número total de nascimentos estar diminuindo gradativamente. Isso significa que em todo mundo há um aumento significativo de recém-nascidos vulneráveis a cada ano, bem como o número de chamados “ex-prematuros” é cada vez maior.

À medida que essas crianças crescem, eles têm maior risco para problemas de aprendizagem e comportamentais, deficiências motoras, infecções respiratórias crônicas e doenças cardiovasculares ou diabetes, em comparação com bebês nascidos a termo.

Apesar do elevado número de nascimentos prematuros e os riscos neles envolvidos, a maioria da população não está ciente de que muitas vezes é possível prevenir o parto prematuro e suas consequências para a saúde do bebê.

Juntos, podemos fazer a diferença! Vamos sensibilizar nossos amigos, familiares, vizinhos, colegas de trabalho e, assim, levar conscientização sobre a importância desse tema.

LEIA MAIS: Curitiba convoca gestantes e imunossuprimidos para vacinação contra Covid-19

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="803912" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]