Declaração do IR termina na sexta e ainda é possível destinar parte do valor à instituições

Francielly Azevedo


O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda, referente a 2016, termina na próxima sexta-feira (28). Quem deixou para declarar de última hora ainda pode abater até 3% do IR e apoiar instituições do terceiro setor.

Apenas pessoas que declaram no modelo de formulário completo e que tem imposto a pagar podem fazer a destinação. É uma forma de apoiar locais que necessitam de ajuda para atender ao próximo.

Segundo a diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro, apesar de todos os esforços, atualmente menos de 2% das pessoas físicas utilizam essa modalidade, ou seja, mais de R$5,59 bilhões deixam de ser direcionados para a área da saúde no Brasil.

Acolhimento a pessoas com deficiências múltiplas

Uma das instituições paranaenses que podem receber a doação é o Pequeno Cotolengo. A entidade oferece há 52 anos, acolhimento, saúde e educação a pessoas com deficiências múltiplas (físicas e intelectuais) de todas as idades que foram abandonadas por suas famílias, sofreram maus tratos ou viviam em situação de risco. Atualmente mais de 200 moradores são abrigados pelos voluntários.

O local precisa de apoio no projeto Adote um Leito, inscrito no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. A iniciativa visa garantir a defesa dos direitos de 18 crianças e adolescentes abrigadas no Lar Anjo da Guarda. A doação proporciona acesso a profissionais especializados, segurança alimentar, dietas especiais para os moradores que se alimentam por sonda, vestuário, itens médico-hospitalares e de higiene pessoal.

Quem se interessar em apoiar o Pequeno Cotolengo pode entrar em contato pelo telefone: 3314-1948 ou pelo e-mail contato@pequenocotolengo.org.br

 

Referência em saúde

Outra opção é o Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba. Há mais de 97 anos, o maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil trabalha em prol de crianças e adolescentes de todo país. O Pequeno Príncipe, reconhecido pela excelência técnico-científica e o atendimento humanizado, realiza por ano cerca de  314 mil atendimentos ambulatoriais, 20 mil cirurgias e 23 mil internações.

Com a grave crise vivida por hospitais filantrópicos, o apoio de toda sociedade é fundamental para a manutenção dos trabalhos. Atualmente, penas 30% do orçamento do hospital é proveniente do governo, sendo que a instituição destina cerca de 70% da sua capacidade de atendimento para o Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Como doar: 

O site Doe Pequeno Príncipe traz o passo a passo para quem deseja contribuir com a causa da saúde infantojuvenil.

No caso do Pequeno Cotolengo, o apoiador deve após DARF pago, enviar um e-mail para doacao@fas.curitiba.pr.gov.br  e contato@pequenocotolengo.org.br. No texto é necessário indicar o Projeto e a Instituição que deseja apoiar.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="426988" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]