Esconderijo de assassino de ator é encontrado no Paraguai; foragido não estava no local

Tarobá News

paulo cupertino, caso paulo cupertino, paulo cupertino no paraná, pm, pmpr, polícia militar do paraná, pcpr, polícia civil do paraná, delegado-geral de são paulo, rafael miguel, chiquititas

O esconderijo usado por Paulo Cupertino, assassino do ator Rafael Miguel e os pais foi encontrado pela polícia. Porém, o assassino não estava no local no momento da chegada da Polícia. O local fica na zona rural da cidade de Liberação, no Paraguai, a três horas de carro da capital Assunção. Ele estava usando uma casa como esconderijo.

Cupertino teria chegado ao país vizinho com a ajuda do piloto Alfonso Helfeinstein, foragido por tráfico de drogas.

O foragido passou pela cidade de Jataizinho, no Paraná, onde conseguiu tirar um novo RG usando documentos falsos. No documento de identidade ele usava o nome de Manoel Machado da Silva. A suspeita é que ele tenha seguido para o Mato Grosso do Sul, onde teria passado por ao menos 10 cidades.

Relembre o caso
Cupertino matou o ator Rafael Miguel e os pais dele no dia 9 de junho de 2019 na Estrada do Alvarenga, na região de Pedreira, zona sul de São Paulo. O foragido não aceitava o namoro do ator com a filha Isabela Tibcheran. No dia das mortes, Rafael e os pais, João Alcisio Miguel e Miriam Selma Miguel, foram oficializar a relação dos jovens na casa da namorada, mas acabaram surpreendidos por Paulo, armado, que atirou 13 vezes nas vítimas e fugiu.

O jovem era conhecido por ter interpretado o personagem Paçoca na novela Chiquititas.

Veja em Tarobá News.

Leia também: Tiroteio na Estrada da Ribeira deixa um morto e um ferido

Previous ArticleNext Article