Estrela de Belém ocorre nesta segunda; saiba como ver o fenômeno

Jorge de Sousa

Estrela de Belém ocorre nesta segunda; saiba como ver o fenômeno

Na noite desta segunda-feira (21), os planetas Júpiter e Saturno vão estar alinhados, formando o fenômeno Estrela de Belém. Pela primeira vez em 397 anos será possível ver esse alinhamento a olho nu.

Será possível visualizar o alinhamento entre os dois planetas logo após o por do sol, por volta das 19h, sendo que a Estrela de Belém deve durar cerca de seis minutos.

A utilização de binóculos ou telescópios tornam ainda mais nítida a visualização da Estrela de Belém, que estará a oeste do pôr do sol, caracterizados por dois grandes pontos brilhantes no céu.

O fenômeno ganhou o nome popular de Estrela de Belém, justamente por ocorrer sempre perto da celebração do Natal, mas a nomenclatura científica é Grande Conjunção.

Inclusive, o Evangelho de Mateus cita um fenômeno semelhante, quando os três reis magos visualizam uma estrela no céu, que os teria guiado até Jerusalém para acompanhar o nascimento de Jesus Cristo.

Júpiter e Saturno são os maiores planetas do Sistema Solar e se alinham a cada 19,6 anos. Como os planetas estão a mais de 800 milhões de quilômetros da Terra, essa ‘aproximação’ com o nosso planeta é um truque de perspectiva.

A última Estrela de Belém ocorreu em 1623, mas como os planetas estavam muito perto do Sol não houve registro de visualizações do fenômeno na Terra.

A tendência é que o próximo fenômeno possa ser visto na Terra apenas em 2080.

LEIA MAIS: Contra mutação do coronavírus, veto a voos do Reino Unido dispara. Saiba como é a nova variante

Previous ArticleNext Article