Explosão em Beirute, no Líbano, deixa ao menos 73 mortos e 3.700 feridos; siga ao vivo

Redação

líbano beirute explosão

O número de mortos e feridos na explosão ocorrida em Beirute, no Líbano, nesta terça-feira (4) subiu. O ministro da Saúde do país, Hamad Hassan, atualizou o número para 73 óbitos e 3.700 feridos.

A contagem ainda está sendo realizada. Os hospitais estão atendendo as pessoas nos estacionamentos das instituições e pouco se sabe o que causou a tragédia.

Diversos relatos mostram que janelas de vidro foram quebradas com o impacto do vento após a explosão. Além disso, carros foram virados e paredes foram destruídas. Para serem atendidas, as pessoas precisam passar em meio aos escombros. Os efeitos da ocorrência foram ouvidos até Lanarca, cidade no Chipre que fica a 200 quilômetros da capital libanesa.

Também foi constatado que aconteceram duas explosões. O episódio aconteceu na região portuária de Beirute, que é considerada como uma espécie de coração da cidade. É especulado que o local da catástrofe seria uma fábrica de fogos de artificio.

LÍBANO FAZ REUNIÃO DE EMERGÊNCIA APÓS EXPLOSÃO EM BEIRUTE

O presidente libanês, Michael Aoun, convocou uma reunião de emergência por causa da situação. Ainda não se sabe se as explosões foram algum tipo de ataque ou se foi acidental.

Já o primeiro-ministro Hassan Diab decretou luto e disse que os responsáveis serão penalizados. “Os culpados vão pagar o preço”, alertou.

Além da pandemia de covid-19, o Líbano também vive um período de colapso econômico. Em 2016, o Estado Islâmico foi responsável por atentados em reação ao Hezbollah. A organização xiita e Israel já se manifestaram que não têm relação com as explosões registradas em Beirute.

Uma das hipóteses é que as explosões teriam a ver com um julgamento contra quatro homens acusados de assassinarem o ex-primeiro-ministro Rafik Hariri. A expectativa é que o resultado deve ser anunciado no final dessa semana.

O quarteto pertence ao Hezbollah e é apontado como responsável por um ataque que matou 22 pessoas e deixou outras 256 feridas.

AO VIVO: VEJA COMO ESTÁ BEIRUTE APÓS AS EXPLOSÕES

Confira, ao vivo, as imagens de Beirute feitas pela Reuters e pelo The Sun.

Previous ArticleNext Article