FAB disponibiliza aviões para transporte de brasileiros que deixaram a Ucrânia

As aeronaves são do mesmo modelo utilizado em outras missões humanitárias internacionais pelo Brasil, como no Líbano e no Haiti.

Ricardo Della Coletta - Folhapress - 26 de fevereiro de 2022, 13:46

Foto: Bianca Viol/Força Aérea Brasileira
Foto: Bianca Viol/Força Aérea Brasileira

 A FAB (Força Aérea Brasileira) informou que colocou de prontidão dois aviões KC-390 Millennium para o possível transporte ao Brasil de cidadãos do país que deixaram a Ucrânia.

"As aeronaves são do mesmo modelo utilizado em outras missões humanitárias internacionais: o transporte de donativos para as vítimas da explosão em Beirute, capital do Líbano, em 2020; e o apoio emergencial à tragédia causada pelo terremoto ocorrido em agosto de 2021 no Haiti", disse a FAB, nas redes sociais.

A publicação não informou de onde os aviões partiriam, mas refugiados do conflito têm cruzado as fronteiras à oeste da Ucrânia, como a da Polônia. Também não anunciou data para o transporte dos brasileiros.

Na quinta-feira (24), o Itamaraty estimou em cerca de 500 os brasileiros na Ucrânia. Desde o agravamento das tensões nas fronteiras com a Rússia, a embaixada em Kiev deu início a um recadastramento dos nacionais no país -até quinta, cerca de 160 pessoas tinham se registrado.

Segundo a chancelaria argentina, os países latino-americanos planejam em conjunto uma forma de ajudar seus cidadãos a saírem da Ucrânia.

"O Ministério das Relações Exteriores [da Argentina] está trabalhando com as chancelarias do Chile, Brasil, Peru, Uruguai, Paraguai, México, Colômbia, Bolívia e Equador, articulando ações e trocando informações úteis, a fim de poder fornecer, nas circunstâncias atuais, a assistência consular que for necessária", disse um comunicado.