Familiares reconhecem bebê encontrado às margens da rodovia após acidente na BR-277

Andreza Rossini


O bebê de apenas 17 dias que foi encontrado sem ferimentos graves às margens da rodovia após o acidente envolvendo um caminhão-tanque carregado com etanol e outros 12 veículos, na BR-277, em Morretes, no Litoral do Paraná, foi identificado pela família.

A avó e duas tias da criança compareceram nesta segunda-feira (4) ao Hospital Evangélico, em Curitiba, e reconheceram a menina. O Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá informou que a quarta vítima do acidente encontrada hoje (4) pela manhã, também às margens da rodovia, foi identificada como o pai da criança. Um irmão do homem teria feito o reconhecimento.

O carro da família que se envolveu no acidente foi reconhecido pelos familiares. A mãe da criança, que também estava no veículo, está desaparecida. O responsável pelo setor de pediatria do Hospital Evangélico, Gilberto Pascolat, afirmou em entrevista coletiva que a criança provavelmente tenha sido retirada do bebê conforto pelo pai e colocada às margens da rodovia, descartando a possibilidade de ter sido arremessada, por não ter lesões.

Motorista de acidente na BR-277 deve responder por homicídio culposo
“Poderia ter sido bem pior”, desabafa sobrevivente de tragédia na BR 277

As vítimas que eram de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, haviam ido visitar familiares em Morretes. De acordo com o hospital, o bebê passa bem. A criança apenas apresentava dificuldades respiratórias por conta de um resfriado e também devido a fumaça do incêndio.

Previous ArticleNext Article