Farmácia é interditada por vender álcool gel a R$ 300 no RS

Uma farmácia foi interditada por tempo indeterminado por vender álcool gel a R$ 300,00. O caso aconteceu na manhã desta ..

Vinicius Cordeiro - 19 de março de 2020, 15:13

(Divulgação / Procon)
(Divulgação / Procon)

Uma farmácia foi interditada por tempo indeterminado por vender álcool gel a R$ 300,00. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (19) em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, após o estabelecimento ser denunciado ao Procon-RS.

De acordo com a fiscal municipal Cibeli Prado, o órgão está há 15 dias fazendo uma fiscalização de ofício para verificar a comercialização do álcool gel e máscaras.

Contudo, uma denúncia motivou a ação de hoje em conjunto com a Guarda Municipal.

"Fomos devido a uma denúncia que o álcool gel, de cinco litros, estava sendo vendido por R$ 300 e, com desconto, sairia por R$ 260. Chegamos lá e procedeu", relata.

Ainda segundo ela, diversos consumidores estavam adquirindo o produto mesmo com o preço salgado. "Tinham consumidores comprando na hora e buscando porque tinham sob encomenda".

Com a constatação da denúncia, o Procon autuou o proprietário e interditou a farmácia. Agora, o dono deve apresentar notas fiscais para comprovar o aumento do lucro que teve com o álcool gel.

"Constatada a abusividade, é caracterizado crime contra o consumidor e é aplicada multa", completa a fiscal.

A reportagem entrou em contato com a rede de farmácias envolvida na interdição. A empresa alegou ser uma rede associativista e que cada loja tem sua assessoria jurídica. Com isso, o Paraná Portal tenta contato com o proprietário do estabelecimento interditado.

Os Procon estaduais seguem na fiscalização dos preços abusivos de álcool gel. Segundo o site JáCotei, que compara preços, o produto já teve aumento de 161% em uma semana.

ÁLCOOL GEL É FORMA DE PREVENÇÃO AO CORONAVÍRUS

Formas para evitar a transmissão do coronavírus. (Reprodução / Ministério da Saúde)

O álcool gel é uma das principais formas de prevenir o contágio do COVID-19, segundo o Ministério da Saúde. Além dele, outras estratégias são: lavar bem as mãos com água e sabão, evitar aglomerações, manter os ambientes ventilados e não compartilhar objetivos pessoais.

Já os sintomas do coronavírus são similares aos de uma gripe e resfriado: febre, dores de cabeça e no corpo, mal estar, cansaço, tosse, dor de garganta e coriza.

Ainda conforme as informações do Ministério da Saúde, o Brasil já registra quatro mortes, 428 casos confirmados e 11.278 casos suspeitos de coronavírus. Por fim, 1.841 casos já foram descartados.