Fetranspar doa R$54 mil ao Hospital Pequeno Príncipe

O presidente da Fetranspar, Sérgio Malucelli e representantes da Transpocred e NTC&Logística, entregaram nesta quart..

Simone Giacometti - 20 de fevereiro de 2019, 19:06

O presidente da Fetranspar, Sérgio Malucelli e representantes da Transpocred e NTC&Logística, entregaram nesta quarta-feira (20) os cheques no valor de R$54 mil reais à diretoria do Hospital Pequeno Príncipe.  O dinheiro foi arrecadado durante a reunião intersindical que aconteceu em João Pessoa, na Paraíba, e reuniu entidades e lideranças ligadas ao transporte rodoviário de cargas,  no último dia 8 de fevereiro.

Os recursos serão utilizados para manutenção e ampliação dos serviços do hospital, referência nacional em pediatria infantil. Colaborar com entidades beneficentes que prestam serviços de relevância para a sociedade é prática que tem se consolidado entre os representantes do setor.  Desta vez, por indicação do presidente da Fetranspar, Sérgio Malucelli, o Hospital Pequeno Príncipe foi o escolhido para receber os recursos. "É uma forma de colaborar com a sociedade e melhorar a qualidade de vida das pessoas, através dessas arrecadações de dinheiro entre as entidades", explica Malucelli.

Segundo ele, durante a reunião intersindical realizada em João Pessoa, foram abordados vários temas de interesse nacional, como a avaliação da reforma trabalhista, medidas e propostas do novo governo federal nas relações do trabalho e ações da NTC e CNT em 2018 em matéria trabalhista, entre outros assuntos.

 

História do Hospital Pequeno Príncipe

No início do século passado, em plena 1ª Guerra Mundial, um grupo de mulheres da comunidade curitibana decide viabilizar um inédito atendimento em saúde para a população carente da cidade, notadamente as crianças.

Foto: Site Pequeno Príncipe

Com disposição, unem-se a médicos e líderes locais e conseguem inaugurar o Dispensário Infantil, que recebe os primeiros pacientes em outubro de 1919. Em seguida, lançam o projeto de construção de um Hospital de Crianças. Onze anos de intenso trabalho e mobilização social foram necessários para sua inauguração em 1930.

Em 1951, o Hospital de Crianças passou a ser denominado Hospital de Crianças Dr. Cesar Pernetta e em 1971 foi inaugurado o Hospital Pequeno Príncipe.

Foto: Site Pequeno Príncipe

Berço da pediatria paranaense, a instituição é referência no número de atendimentos especializados. Realizou mais de 400 transplantes de órgãos na última década, sendo que no transplante de rins se equipara aos melhores do mundo em sobrevida dos pacientes. Mais de 1.500 médicos pediatras, anestesistas, ortopedistas e cirurgiões pediátricos de todo o país já complementaram sua formação e especialização em estágios e residências médicas no Hospital Pequeno Príncipe.