Geral Patrocinado
Compartilhar

Fluentes em inglês no Brasil não passam de 1%, aponta levantamento

No meio corporativo, por exemplo, um profissional que possui fluência no idioma pode ter um salário até 61% maior do que pessoas que não possuem essa qualificação

Conteúdo patrocinado - 31 de maio de 2022, 16:13

O Brasil está em 60º lugar no ranking de proficiência em inglês, com apenas 1% da população brasileira dominando fluentemente o idioma, segundo pesquisa recente do British Council. Contudo, o interesse por aprender inglês tem tendência a crescer.

No ano passado, cerca de 40% dos brasileiros estabeleceram aprender inglês como meta, segundo pesquisa da 7Waves, plataforma que auxilia na organização de metas. Na ocasião, constatou-se, ainda, que seis a cada dez brasileiros programaram viagem para o exterior, sendo que 20% das viagens estavam sendo planejadas com intenção de aprender idiomas.

A motivação para aprender inglês é diversa. Seja para ter melhores oportunidades de emprego, se comunicar com pessoas de outras nacionalidades ou compreender filmes, músicas e livros. Para muitos desses aprendizes, o novo idioma é essencial visto que é uma das línguas mais faladas no mundo.

No meio corporativo, por exemplo, um profissional que possui fluência no idioma pode ter um salário até 61% maior do que pessoas que não possuem essa qualificação, de acordo com uma pesquisa realizada pelo site de recolocação profissional Catho.

Apesar das vantagens em falar outro idioma, o baixo índice pode ser explicado pela distribuição de renda, conforme destaca a EF Education Live (EF), empresa de educação internacional especializada em intercâmbio. “Os sistemas educacionais de baixo desempenho e altos níveis de desigualdade econômica dificultam os esforços para melhorar a proficiência no idioma em países como o Brasil”, diz a nota.

Outro fator considerado como empecilho é a duração dos cursos oferecidos. De acordo com a Common European Framework of Reference (CEFR), são necessárias pelo menos 500 horas de estudos para atingir um nível intermediário da língua e cerca de 1.000 a 1.200 horas se dedicando para adquirir fluência em inglês. Enquanto isso, 88% das pessoas que pretendem fazer um curso de inglês no país buscam por cursos que não durem mais de 2 anos.

Teste de Nivelamento de inglês gratuito

Para quem deseja participar de intercâmbios, dominar outros idiomas é um facilitador, pois, assim, será possível concorrer a bolsas de estudos internacionais. Nem todo mundo sabe, mas mesmo sem ter feito um curso de inglês é possível saber o nível de habilidade e familiaridade que a pessoa tem com o idioma através do teste de nivelamento.

Na internet é possível encontrar diversas ferramentas gratuitas para te auxiliar nesta descoberta. O teste de nivelamento do Educa Mais Brasil, por exemplo, é disponibilizado on-line e gratuitamente no site da plataforma. Ao concluí-lo, o estudante, além de saber qual o nível de conhecimento da língua, tem acesso a descontos de até 70% em cursos de inglês on-line.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil