Homem invade creche e mata crianças e mulheres a facão em SC

Redação e Do UOL

Saudades, em SC: homem armado a facão mata crianças e professora

Uma tragédia aconteceu nesta manhã na cidade de Saudades, oeste de Santa Catarina. Um homem armado com facão invadiu uma creche e matou três crianças e dus mulheres. Segundo o portal ND+ e o jornal Imprensa do Povo, uma quarta criança foi levada ao hospital com ferimentos leves. As crianças são menores de dois anos.

De acordo com a Polícia Civil, o jovem invadiu a escola por volta das 10h. Ele primeiro atacou uma professora de 30 anos que estava na entrada do prédio. A vítima chegou a correr do suspeito, mas foi alcançada pelo homem e morreu na escola. Após atacá-la, ele teria entrado em uma sala de aula e desferido os golpes em crianças. No local havia quatro alunos e uma funcionária da escola na sala.

“Ele começou a atacar a professora, que correu para uma sala onde tinham crianças. Lá nessa sala, ele agrediu outras pessoas”, disse o delegado Jerônimo Marçal, em entrevista à Rádio Vale FM.

O suspeito, segundo a notícia, ficou  gravemente ferido e foi conduzido ao município de Pinhalzinho, distante 11 km de Saudades. Ele está escoltado pela polícia.

Segundo informações da Polícia Civil, o agressor seria um jovem de 18 anos. A polícia ainda não sabea motivação do atentado. A Polícia Civil está no local do crime para ouvir testemunhas.

De acordo com a rádio Centro Oeste, de Pinhalzinho, as crianças já foram retiradas da escola.

Homem que atacou creche em Saudades foi detido e levado ao hospital

O jornal Imprensa do Povo disse que o criminoso foi detido pelos policiais e encaminhado para o Hospital de Pinhalzinho .

O portal ND+ informa ainda que a escola atende alunos da educação infantil. Segundo o prefeito da cidade, Maciel Schneider, será decretado luto de três dias, suspendendo todas as atividades nas escolas.

“É uma tragédia inexplicável. Estamos colocando todas as equipes para dar suporte às famílias. É algo que não tem explicação”, diz o prefeito.

De acordo com a prefeitura de Saudades, a escola atende alunos do berçário, até três anos.

Homens pararam ataques, diz prefeito vizinho

Em entrevista à BandNews FM, o prefeito da cidade de Chapecó, João Rodrigues (PSD), afirmou que o jovem é de uma família conhecida da cidade de Saudades e que seu ataque foi interrompido por populares.

“É um jovem de família muito boa, não se sabe se teve um desequilíbrio mental. Ele matou duas crianças, matou uma professora [números que depois subiram] e só não foi mais longe porque houve intervenção de um metalúrgico e de um pedreiro, que pegaram o garoto e o interromperam com golpes de barras de ferro”, afirmou João Rodrigues.

“Não se tem confirmação se foi um surto repentino, ou se foi algo desses jovens de internet. O jovem é de uma família conhecida na cidade, pessoas de bem, não é uma família com problemas. A mãe do garoto está com problemas de câncer. E os motivos, ninguém sabe. Ele foi levado para um hospital da cidade de Pinhalzinho. Ele tentou suicídio e foi ferido pelos populares, para pará-lo, porque ele não ia parar seu ataque”, concluiu o prefeito de Chapecó.

 

Leia também: Caso Tatiane Spitzner: júri de Manvailer recomeça hoje em Guarapuava; saiba tudo

 

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="761981" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]