IML libera corpos de vítimas de tragédia na BR 277

Jordana Martinez


O Instituto Médico Legal de Paranaguá liberou os corpos de Anderson Luiz Cunha, 43 anos, e do filho dele, Gabriel Cunha, de 13 anos, nesta sexta-feira. Pai e filho foram vítimas da tragédia na BR-277, no litoral do Paraná, no último domingo, que provocou a morte de seis pessoas e deixou 13 feridas.

A identidade dos corpos foram confirmadas   por exame de DNA. O enterro está marcado para esta tarde no Cemitério Paroquial São Gabriel, em Colombo, na RMC.

De acordo com o IML de Paranaguá, o corpo de Ana Carolina Rota Novakoski, de 36 anos, que estava no carro com Anderson e Gabriel,  também foi identificado e será liberado ainda nesta sexta.

O acidente foi causado por um caminhão-tanque que tombou e explodiu, no início da noite de domingo (3), e atingiu outros 12 veículos, na BR-277, entre Curitiba e Paranaguá, Litoral do Paraná. A rodovia foi totalmente tomada pelas chamas. Entre as vítimas está um casal que morreu carbonizado. A filha deles, de apenas 17 dias, foi salva pelo pai que a deixou às margens da rodovia. O bebê está com os avós.

 

Previous ArticleNext Article
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.