Incêndios ambientais quase dobram no Paraná durante o inverno

Redação


Tabata Viapiana da CBN Curitiba

O número de incêndios ambientais no Paraná quase dobrou no primeiro mês do inverno, segundo o Corpo dos Bombeiros. As geadas e as chuvas menos freqüentes, características dessa época do ano, deixam a vegetação seca e mais propícia às queimadas.

No primeiro mês do inverno deste ano, foram registrados 1.825 incêndios ambientais no Paraná – uma média de 60 por dia. A média do ano é de 31 casos por dia, ou seja, as ocorrências praticamente dobraram entre os dias 20 de junho e 20 de julho. No mesmo período do ano passado, os bombeiros tinham registrado 424 incêndios ambientais no estado.

De acordo com a tenente Rafaela Mansur, do Corpo de Bombeiros, as condições climáticas são as principais responsáveis pelo aumento das ocorrências. Como as chuvas são menos freqüentes durante o inverno, a vegetação fica seca e mais propícia às queimadas. “Um pequeno foco tende a se propagar rapidamente e com mais intensidade devido as condições climáticas. Com a mata seca, ele tende a se alastrar e aumenta a nossa quantidade de incêndios em vegetação devido a isso”, diz.

As geadas, que têm sido comuns em diversas regiões do estado, também contribuem para a ocorrência de incêndios. Na região de Curitiba, por exemplo, os bombeiros já registraram 487 incêndios ambientais no primeiro mês do inverno. Em 2015, foram 86 – ou seja, o número de casos aumentou mais de cinco vezes.

Segundo a tenente Rafaela, a população pode tomar alguns cuidados para evitar os incêndios ambientais no estado, entre eles evitar o acúmulo de lixo em terrenos e a queima de vegetação. “Se a gente evitar colocar esses focos, vai evitar o aumento de incêndios ambientais que temos visto”, diz Rafaela.

No último domingo (24), os bombeiros foram acionados para atender um incêndio que queimou cerca de seis hectares de mata nativa no Morro Pelado, na Serra do Mar, na região de Morretes, no litoral do Paraná. No dia 17 de julho, o Corpo de Bombeiros também controlou um incêndio de grandes proporções no Morro Araçatuba, em Tijucas do Sul.

Previous ArticleNext Article