Serviços públicos pela internet crescem cerca de 40% durante a pandemia

Redação


Por conta da crise sanitária que tem assolado o planeta desde o começo de 2020, o dia-a-dia da população global mudou drasticamente, e nós nunca usamos tanto os serviços online quanto atualmente, principalmente por conta da sua praticidade e também para garantir o distanciamento social.

Desde serviços básicos, como uma transferência bancária, compras em e-commerce, ou até mesmo as alternativas de entretenimento, como o streaming de filmes e séries, e palpites nos novos sites de apostas, tiveram um aumento impressionante em sua procura nos últimos meses. Sendo que os sites de apostas esportivas viram sua popularidade crescer a níveis astronômicos, e isso fica ainda mais perceptível quando observamos a quantidade de empresas do setor que agora patrocinam os times do futebol nacional.

Esse crescimento também foi visto na utilização de serviços públicos via internet. De acordo com um levantamento realizado pela companhia especialista no desenvolvimento de soluções de gestão em nuvem para o setor público, IPM Sistemas, entre os meses de janeiro e julho de 2021, se comparado ao mesmo período do ano anterior, ocorreu um aumento de 37,84% na utilização de serviços públicos online. Ao todo, 38 milhões ações do tipo foram contabilizadas em mais de 250 municípios dos estados do Sul do país.

Alguns dos serviços contabilizados no levantamento foram a emissão de carnê do IPTU, pagamento de taxas e visualização de dados de administração pública, solicitação de alvarás, além de do acompanhamento de algumas demandas que não requerem o deslocamento até um estabelecimento do Estado, como prefeituras e câmara de vereadores.

Segundo a IPM, se levar em consideração somente a utilização de aplicativos em celulares, o crescimento foi de 351,3%. O coordenador de marketing da companhia, Juliano Carneiro, aponta que: “O mobile é uma tendência que veio para ficar também no setor público. Não há como ignorar a praticidade do acesso a grande número de serviços de qualquer lugar, a qualquer hora, a partir de um equipamento que está nas mãos de quase todo brasileiro.”

Desafios

O relatório da IPM também contabilizou os diversos avisos emitidos pelas instituições. A companhia afirma que houve mais de 5,3 milhões de comunicados via notificações push ou e-mail durante o intervalo citado, o que representa um aumento de 33,8% se comparado a 2020. Carneiro afirma que a tecnologia permite uma maior celeridade na resolução de demandas dentro dos órgãos públicos, assim como garante que o cidadão possa acompanhar as suas solicitações e sempre ficar inteirado do que está acontecendo.

Carneiro ainda diz que as informações divulgadas no relatório demonstram que os gestores têm um desafio a ser encarado. Isso porque apenas uma das plataformas oferecidas pela IPM já ultrapassou os 100 mil downloads. A startup desenvolve softwares que ajudam a gestão pública a migrar seus serviços para a nuvem.

Segundo maior mercado de aplicativos

Um relatório realizado pela Global App Trends e divulgado pela Adjust aponta que o Brasil é o segundo maior mercado de aplicativos do mundo, ficando atrás somente da Indonésia. A pesquisa diz que o país está na segunda colocação em relação ao crescimento acelerado do mercado de aplicativos móveis.

O país também bateu recordes relacionados a acessos móveis à internet, onde somente em dezembro de 2020, foram registrados 234 milhões de acessos à rede mundial de computadores através de smartphones ou tablets. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), esse crescimento se deu por conta da popularização dos aplicativos mensageiros, a exemplo WhatsApp e Telegram.

Além disso, o relatório aponta que um smartphone é o dispositivo mais barato de acesso à internet, e muitos desses aparelhos já são comercializados atrelados a algum plano de dados das operadoras atuantes no país. Contudo, acredita-se que esse número de acessos utilizando dados móveis irá diminuir quando houver a implementação do 5G no Brasil, já que ocorrerá a massificação da Internet das Coisas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="790409" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]