Justiça condena dois acusados de envolvimento em estupro coletivo no Rio

Andreza Rossini


Com informações de Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil

A 2ª Vara Criminal Regional de Jacarepaguá condenou na segunda-feira (20) dois acusados de participar do estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos em maio do ano passado, no Rio de Janeiro. A Justiça considerou que Raí de Souza e Raphael Assis Duarte Belo participaram do estupro, ocorrido em 21 de maio de 2016 na comunidade do Barão, em Jacarepaguá, na zona oeste da cidade.

Eles foram condenados a 15 anos de prisão em regime inicialmente fechado. Além disso, precisarão pagar 306 dias-multa. O terceiro acusado, Moisés Camilo Lucena, ainda não foi julgado, porque, apesar de ter sua prisão preventiva decretada pela Justiça, continua foragido.

O processo tramita em segredo de Justiça, devido à necessidade de preservar a imagem e a identidade da adolescente.

Relembre o caso

O crime gerou polêmica após os homens envolvidos no caso divulgarem o vídeo do estupro. A garota foi encontrada na rua e encaminhada para assistente social por ser reconhecida nas imagens.

O estupro gerou comoção nacional e protestos em várias cidades.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="415804" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]