Justiça eleitoral manda retirar Facebook do ar por 24 horas

Andreza Rossini


A justiça eleitoral de Santa Catarina determinou que o Facebook seja retirado do ar por 24 horas. A decisão do juiz Renato Roberge do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), foi encaminhada à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), no dia 5 de outubro.

O pedido foi feito após o candidato Udo Döhler (PMDB), que disputa a prefeitura de Joinville (SC) entrar com uma ação judicial contra o Facebook. Döhler alega que o Facebook possui uma página, chamada “Hudo Caduco” que afeta a honra e imagem do candidato.

Retirar facebook do ar

A decisão é que o Facebook retire a página do ar durante o período de vigência deste pleito eleitoral, que se encerra no dia 30 de outubro e ajuda a identificar o autor da página. A multa em caso de descumprimento é de R$ 30 mil por dia.

A página reclamada por foi retirada do ar, mas outro perfil com nome parecido foi colocado no ar, por volta das 12 horas de domingo (9).

Nova página:Capturar

Página reclamada pelo candidato na justiça:

Capturar1

 

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fica responsável por notificar todos os provedores de internet para que a página seja retirada do ar. Por meio de nota, a Anatel informou que não recebeu nenhuma notificação judicial a respeito do assunto.

Previous ArticleNext Article