Livro traz pratos elaborados por refugiados de três países

Redação


O livro de receitas “Pratos do Mundo”, elaborado por refugiados da Colômbia, Venezuela e Síria, tem parte da memória de vida dessas pessoas. Lançado de modo digital pela Agência da ONU para Refugiados, o e-book apresenta um total de sete pratos de três países diferentes.

Além da parte gastronômica, o livro compartilha histórias de superação dos autores até chegarem ao Brasil. “Um prato típico de um país ou região guarda, dentro de si, anos de história, descobertas, valores e memórias afetivas. A culinária é, portanto, uma valiosa e deliciosa porta de entrada para outras culturas”, diz José Egas, representante da Agência ONU para Refugiados no Brasil.

No país, 50 mil pessoas estão em situação de refúgio. O colombiano Jair Abril Rojas chegou ao Brasil em 2012 e é um dos autores das receitas. Ele fugiu da violência no seu país de origem e atualmente é proprietário de um restaurante chamado “Raízes colombianas”, localizado em São Paulo.

refugiado colombiano livro
Apresentação de Jair Abril Rojas no e-book “Pratos do Mundo”. (Foto: Reprodução)

O casal sírio Omar e Kenanh Suleibi chegou ao Brasil em 2014, junto com a filha Limar, que dá nome ao empreendimento que vende doces na capital paulista. As receitas também estão no e-book “Pratos do Mundo”.

“A culinária permite que os refugiados ganhem autonomia e possam reconstruir as suas vidas de uma maneira digna aqui no Brasil. Assim, eles contribuem com a nossa cultura e com a economia local”, conta Natasha Alexander, chefe de parcerias com o Setor Privado da Agência ONU para Refugiados no Brasil.

Clique aqui para acessar gratuitamente íntegra de “Pratos do Mundo”.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="749391" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]