Luisa Mell é condenada a pagar R$ 60 mil de indenização a tutora de cachorros resgatados

Folhapress


Luisa Mell, 39, uma das principais ativistas dos direitos dos animais no país, foi condenada em primeira instância a pagar R$ 60 mil para a tutora de quatro cães, resgatados pela ativista de uma residência em novembro de 2016. A apresentadora afirmou ao Agora SP que já recorreu da decisão.

A 31ª Vara Civil, do TJ (Tribunal de Justiça de São Paulo), fixou o valor da indenização, pois entendeu que a proprietária dos quatro cachorros foi abalada emocional e psicologicamente, por conta da “intrusão” de Luisa na casa e na retirada dos animais do local. Dois dos cachorros, um dobermann e um pinsher, morreram após o resgate.

A apresentadora afirmou que esta é “uma das maiores injustiças” que viveu até hoje. “Eu não invadi a casa de ninguém. Quem entrou foi a Polícia Militar, por conta de uma denúncia de maus-tratos”, completa.

Luisa Mell tem, desde 2015, uma ONG que atua no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. Segundo o Instituto Luisa Mell, cerca de 300 animais, entre cães e gatos, vivem atualmente no abrigo, todos resgatados das ruas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="539575" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]