Ministério dos transportes nega desligamento de radares

Roger Pereira


Em resposta à matéria publicada ontem pelo Paraná Portal, a assessoria de comunicação do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil emitiu nota para informar que os cerca de seis mil radares instalados nas rodovias federais concedidas não serão desligados. Segundo a nota, apenas será transferida a competência pela manutenção dos equipamentos de controle de velocidade, até então do Dnit, para as concessionárias responsáveis por cada trecho.

“Vale ressaltar que o processamento das multas continuará a cargo da administração federal e o usuário não será prejudicado com a ausência do controle de velocidade que tem por objetivo educar e garantir maior segurança aos usuários”, diz a nota.

A informação sobre o desligamento dos radares havia sido confirmada, na sexta-feira, à reportagem do Paraná Portal pela assessoria de comunicação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) que enviou ao portal, inclusive, a lista com todos os equipamentos que seriam desligados.

“Os radares que serão desligados encontram-se em trechos concedidos,  onde o DNIT não tem jurisdição de controle e nem de regulamentação de contratos, seja de fiscalização ou não, cabendo tal responsabilidade à ANTT”, dizia o primeiro parágrafo da resposta do DNIT.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="368113" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]