Obra do metrô cede, abre cratera e interdita parte da Marginal Tietê em SP

Uma caixa d'água acabou sendo engolida; ainda não há registro de feridos, mas três ambulâncias estão no local

Folhapress - 01 de fevereiro de 2022, 10:41

Reprodução/TV Globo
Reprodução/TV Globo

 Um desmoronamento nas obras da linha 6 - Laranja do metrô de São Paulo interditou um trecho da Marginal Tietê, na manhã desta terça-feira (1). Imagens feitas por helicópteros da TV Globo e TV Record mostram uma cratera que se formou na lateral da pista, com pedaços de asfalto cedendo. Uma caixa d'água acabou sendo engolida. Ainda não há registro de feridos, mas três ambulâncias estão no local.

Com o incidente, registrado por volta das 9h, um trecho da via está interditado no sentido da rodovia Ayrton Senna, entre as pontes do Piqueri e da Freguesia do Ó. A linha 6 - Laranja faz parte de uma Parceria Público Privada e deve ter 15 km, ligando a Vila Brasilândia à estação São Joaquim.

A Polícia Militar de São Paulo, que está no local, informou que um equipamento de escavação subterrâneo usado na obra atingiu o leito do Rio Tietê, gerando o desmoronamento. Há risco de três faixas da Marginal serem atingidas.

O UOL tenta obter respostas junto ao metrô de São Paulo, com a Secretaria de Transportes Metropolitanos e com empresa Acciona, responsáveis pela obra. Assim que houver retorno, este espaço será atualizado.