Operação mira combate ao desmatamento da Mata Atlântica no Paraná e mais 16 estados

William Bittar - CBN Curitiba

Mata Atlântica operação

Foi iniciada nesta segunda-feira (20), a Operação Mata Atlântica em Pé, voltada ao combate ao desmatamento e à recuperação de áreas degradadas. Esta é a quarta edição da operação que ocorre em 17 estados brasileiros que integram o bioma Mata Atlântica. A notícia foi publicada no site da CBN Curitiba.

A coordenação da operação é feita pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) em articulação com os Ministérios Públicos dos demais estados participantes.

As atividades de fiscalização, que prosseguem até o fim do mês, têm por objetivos identificar as áreas de Mata Atlântica desmatadas ilegalmente nos últimos anos, cessar os ilícitos e responsabilizar os infratores nas esferas administrativa, civil e criminal.

Segundo o promotor de Justiça Alexandre Gaio, do Ministério Público do Paraná, coordenador nacional da operação, a expectativa é ampliar o número de fiscalizações e autuações, com a utilização ainda maior dos meios remotos de fiscalização disponíveis, como imagens por satélites.

 

Conforme informações divulgadas em maio deste ano no Atlas da Mata Atlântica, o bioma sofreu redução de 13.053 hectares (130 quilômetros quadrados) entre 2019 e 2020 no Brasil.

Em 10 dos 17 estados que compõem o bioma, o desmatamento se intensificou, com aumento de 400% em São Paulo e no Espírito Santo e superior a 100% no Rio de Janeiro e no Mato Grosso do Sul.

Segundo Alexandre Gaio, o Paraná, embora tenha registrado pequeno declínio no volume de desmatamento, manteve-se, como no levantamento anterior, entre os estados onde a Mata Atlântica perdeu maior extensão de área.

Integram o bioma da Mata Atlântica no Brasil os estados da Bahia, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Ceará, Alagoas, Rio Grande do Norte, Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe.

A operação conta com a participação e o apoio de diversas instituições – no Paraná, inclui a Polícia Ambiental (Força Verde), a unidade regional do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o Instituto Água e Terra (IAT) e o Instituto de Criminalística.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="791414" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]