Pandemia de coronavírus: o que é e quantos casos da doença existem no mundo

Redação

oms, diretor, mandetta, demissão, tedros adhanom, twitter, coragem

A OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou uma pandemia do coronavírus na tarde desta quarta-feira (11). Apesar do maior número de casos se concentrar na China, a situação efervescente  na Itália e a disseminação do Covid-19 no Irã e Coreia do Sul mudam a forma com que a OMS reage à doença.

Nas últimas duas semanas, o número de casos de Covid-19 do lado de fora de China aumentou 13 vezes e o número de países afetados triplicou. Atualmente, existem mais de 118 mil casos em 114 países e 4.291 pessoas perderam a vida“, informou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor da OMS após informar a situação da pandemia.

PANDEMIA: O QUE É?

Antes, o novo coronavírus era determinado como epidemia. O termo se refere quando a doença é transmitida para outras populações, infesta mais de uma cidade ou região. Já pandemia é quando a doença se espalha por diferentes continentes, no mundo inteiro. Ou seja, o coronavírus foi caracterizado, pela OMS, como uma doença que afeta, de forma simultânea, diversas pessoas no mundo inteiro.

Pandemia é “um surto de uma doença que ocorre numa grande área geográfica e afeta uma proporção excepcionalmente alta da população”, diz o dicionário Merriam-Webster.

A última pandemia mundial foi a gripe suína, em 2009, quando centenas de milhares de pessoas morreram.

MINISTÉRIO DA SAÚDE NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

Tabela, com base nos dados da OMS, divulgada pelo ministro da Saúde. (Reprodução)

O ministro da Saúde do Brasil, Henrique Mandetta, está participando de uma audiência da Câmara dos Deputados para explicar a situação do coronavírus no país.

De acordo com o balanço divulgado na tarde de ontem (11), 34 pessoas estão com o coronavírus no país e cinco estão hospitalizadas. Além disso, 893 casos estão sob investigação e 780 já foram descartados.

São Paulo, com 19 casos confirmados, lidera o ranking dos estados. Rio de Janeiro, com 8 casos, e Bahia, com dois, aparecem na sequência. Já o Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo e Alagoas têm um paciente com o coronavírus. Ou seja, apenas a Região Norte ainda não tem casos da doença. No Paraná, a Secretaria de Estado da Saúde diz que 49 casos estão sob suspeita e 20 já foram descartados.

O QUE É CORONAVÍRUS E QUAIS OS SINTOMAS

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto no dia 31 de dezembro de 2019 após casos registrados na China.

Os principais sintomas são: febre, tosse e dificuldade para respirar. Ou seja, a doença é semelhante a um resfriado. Contudo, o vírus pode gerar doenças respiratórias mais graves como pneumonia, SARS (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e MERS (Síndrome Respiratória do Oriente Médio).

PREVENÇÃO AO CORONAVÍRUS

O COE (Centro de Operações em Emergências) elencou medidas de prevenção ao coronavírus, similares para outras doenças como a Influenza. As principais medidas são:

  • evitar contato próximo com pessoas com infecções respiratórias agudas;
  • evitar contato com pessoas idosas caso você tenha sintomas;
  • lavar frequentemente as mãos, especialmente após o contato direto com pessoas doentes e antes de se alimentar;
  • usar lenço descartável para higiene nasal;
  • cobrir nariz e boca ao espirrar e tossir;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres pratos, copos ou garrafas;

 

Previous ArticleNext Article