Pfizer entrega lote com 2,1 milhões de doses de vacinas ao Brasil

2,1 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da Pfizer vão chegar no Brasil neste domingo (1º), pelo Aeroporto Interna..

Redação - 01 de agosto de 2021, 10:55

RIO DE JANEIRO, RJ, 03.03.2021 - VACINA-CORONAVÍRUS - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta terça-feira, 2, que o pretende comprar 20 milhões de doses da vacina da Pfizer e 20 milhões de doses da russa Sputnik V. A gestão paulista pretende usar os dois imunizantes, junto da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, no programa de imunização contra a Covid-19. Na imagem ilustrativa, ampola de vacina Pfizer e seringa com logomarca em tela de fundo. (Foto: Kevin David/A7 Press/Folhapress)
RIO DE JANEIRO, RJ, 03.03.2021 - VACINA-CORONAVÍRUS - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta terça-feira, 2, que o pretende comprar 20 milhões de doses da vacina da Pfizer e 20 milhões de doses da russa Sputnik V. A gestão paulista pretende usar os dois imunizantes, junto da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, no programa de imunização contra a Covid-19. Na imagem ilustrativa, ampola de vacina Pfizer e seringa com logomarca em tela de fundo. (Foto: Kevin David/A7 Press/Folhapress)

2,1 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da Pfizer vão chegar no Brasil neste domingo (1º), pelo Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

Ao todo serão enviadas pela empresa dois lotes com 1.053.000 de doses nesses 34º e 35º remessas de imunizantes, com o segundo embarque previsto para a tarde deste domingo.

A empresa enviou 34 lotes de vacinas ao Brasil, totalizando 29,1 milhões das 200 milhões de doses da vacina Pfizer/Biontech contratadas pelo Ministério da Saúde. A farmacêutica diz que vai cumprir o cronograma até o final de 2021.

Segundo a Pfizer, as doses enviadas ao Brasil são produzidas na fábrica da empresa em Kalamazoo, nos Estados Unidos. Além da entrega de 13 milhões de doses até 1º de agosto, a operação será intensificada até setembro, com previsão de chegada de quase 70 milhões de doses no período.

"As vacinas são despachadas de avião até o Aeroporto Internacional de Miami, nos Estados Unidos, para então seguir viagem rumo ao Brasil. Os imunizantes são descarregados do avião entre 30 minutos e 1 hora, dependendo da quantidade, e enviados para o centro de distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos", informa a Pfizer, em nota.

O transporte dessas doses até o centro de distribuição do Ministério da Saúde será feito com o auxílio da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

LEIA MAIS: Covid provoca ‘pandemia oculta’ e deixa 130 mil órfãos no Brasil, indica estudo