Projeto social distribui alimentos para famílias de comunidades vulneráveis

Juliana Maria Custódio, de 39 anos, não conseguiu um novo emprego, de diarista, durante a pandemia da Covid-19. Moradora..

Redação - 05 de setembro de 2021, 08:00

(Foto: Envato Imagens)
(Foto: Envato Imagens)

Juliana Maria Custódio, de 39 anos, não conseguiu um novo emprego, de diarista, durante a pandemia da Covid-19. Moradora de Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, ela sustenta os três filhos com a ajuda da escola onde eles estudam, que é beneficiada por meio de projeto social.

Os espaços, que eram referências para os filhos em projetos de literatura e teatro, além do currículo tradicional, se tornaram pontos de apoio em outras necessidades da família. “Eu passei por momentos muito difíceis. Se não fosse a cesta básica entregue pela escola, não teria nada para comer em casa”, conta Gisele.

Desde o início da pandemia, o Grupo Marista realiza campanhas de arrecadação de mantimentos para famílias atendidas. Com as ações realizadas, foram distribuídas mais de 16 toneladas de alimentos e produtos de limpeza e higiene para 2.100 famílias que vivem em comunidades vulneráveis.

Projeto social quer levar cestas a famílias até o início de 2022

“Nosso objetivo é levantar pelo menos R$ 360 mil para ajudar as famílias mais vulneráveis com cestas mensais, até o início de 2022. E, se conseguirmos superar essa meta, vamos ampliar a doação para todas as crianças atendidas”, ressalta o gerente de captação de recursos do Grupo Marista, Rodolfo Schneider.

Com o mote 'Quando o amor resiste, a fome desiste', a campanha de arrecadação segue até o dia 20 de setembro, com doações feitas pela plataforma: solidariedadematafome.com.br.

No site é possível participar da vaquinha virtual, doando qualquer valor. Para empresas e instituições que também queiram colaborar com a iniciativa, é possível buscar mais detalhes por meio do e-mail marketing@grupomarista.org.br. O objetivo é mobilizar, além dos colaboradores e fornecedores do grupo, a população em geral em uma grande corrente de solidariedade em favor das famílias mais vulneráveis.