Quem vai à Gibicon?

Redação


O tema, as novidades e os convidados da 4° edição da Gibicon (Convenção Internacional de Quadrinhos de Curitiba) serão anunciados hoje em evento no Solar do Barão.

A ocasião, que também marca a reinauguração da nova Gibiteca de Curitiba, vai contar com a abertura da exposição ‘3, 2. 1. O. Gibicon’, que apresenta as atividades e trabalhos dos artistas que participaram das edições anteriores da convenção.

Mesmo que o evento de lançamento guarde as surpresas da próxima Gibicon, que acontece entre os dias 8 e 11 de setembro no MuMa, An-dré Caliman, um dos curadores do evento, adiantou algumas das novidades para o Metro Jornal. “Vamos dar prioridade aos trabalhos auto-rais, que têm cunho mais social”, explicou o autor da Grafic Novel ‘Revoltai’.

Tradicionalmente, são quadrinhos como os de super-heróis e mangás que ganham destaque no circuito mais comercial e nos eventos de HQ. Segundo Caliman, a Gibicon não tem a intenção de competir com essas propostas.

“Não é somente a questão de ver se esses trabalhos estão sendo vendidos ou não. Nós queremos refletir sobre o que está sendo feito na área, e valorizar o quadrinho bem feito, que traz temas relevantes”, completou o artista.

O `boom’ na produção nacional de quadrinhos também é tema importante para os curadores da 4° Gibicon. Para Caliman, a internet ajudou a democratizar o cenário.

Coletivo Ponto 50
Coletivo Ponto 50

“A internet ajudou tanto as grandes editoras como os artistas independentes”, disse o artista, que teve o próprio trabalho divulgado anteriormente em seu blog, para depois ser publicado fisicamente.

Ibraim Robinson, quadrinista que será consultor da 4° Gibicon, concorda. “O maior problema para o quadrinho sempre foi a distribuição”, afirmou. Para o artista, que já contribuiu com diversas revistas da Marvel e DC Comics, as edições da Gibicon também ajudaram no aumento da produção nacional de HQ.

“Curitiba virou um polo para esta cena. Nos eventos, os artistas se apoiam, se relacionam, fazem contato entre si. É muito importante”, afirmou.

Para setembro

O quadrinista Antônio Éder acompanha Ibraim na consultoria da Gibicon. Heitor Pitombo, Lobo, Rafael Coutinho e Mitie Takemi fecham o quadro de curadores da convenção. Cerca de 60 artistas convidados participarão da Gibicon neste ano.

Coordenado por Fabrizio Andriani e Ludana Falcon, o evento também vai contar com uma feira de livros e álbuns HO., que irá funcionar no estacionamento do MuMa.

Lançamento da 42 Gibicon e abertura da exposição ‘3, 2, 1, o, Gibicon’ no Solar do Barão, em Curitiba. Hoje, às 19h.

(Metro Jornal Curitiba)

Previous ArticleNext Article