Quer pagar barato na passagem aérea? Atenção aos voos que estão sendo relançados

Martha Feldens

Passagem aérea mais barata para voos novos e relançados

Uma dica de quem conhece o ramo: fique atento às promoções de retomada de rotas neste pós-pandemia. A chance de voar por um bom preço é grande para quem estiver entre os primeiros a comprar a passagem aérea de voos novos ou relançados pelas companhias.

Quem dá a dica é o gerente geral da operadora paranaense BWT, Gabriel Cordeiro. Nesta semana, por exemplo, uma campanha forte de relançamento de voos da companhia American Airlines permitiu a compra de passagens de Curitiba (com o trecho até São Paulo operado pela Gol) a Miami por US$ 250, o que no câmbio atual fica em torno de R$ 1.970,00, já incluídas as taxas. Isso para viagens entre março e maio do ano que vem. Nesta sexta-feira, os Estados Unidos confirmaram que pessoas vacinadas poderão entrar no país sem necessidade de quarentena a partir de 8 de novembro.

“Promoções como essa duram pouco tempo. A American Airlines iniciou uma campanha agressiva de retomada de voos. Então é hora de aproveitar”, explica Gabriel Cordeiro. Uma passagem como essa para Miami, nos Estados Unidos, fica até mais barata que alguns voos para o Nordeste brasileiro. Para Salvador no feriado da Padroeira, por exemplo, voos a partir de Curitiba chegaram a custar mais de R$ 2 mil por pessoa.

Para onde o turista do sul quer viajar e busca passagem aérea

Gabriel Cordeiro, que trabalha com um universo de 2,2 mil agências e um volume de vendas de 3 mil pacotes de viagens por mês (entre 7 e 8 mil passageiros), conta que este é o momento em que o turista está buscando opções de férias e vendo todas as possibilidades. O Nordeste continua em alta na preferência do sulista, mas o valor da passagem aérea pode ser um complicador.

Assim, o mais indicado é mesmo pesquisar. As agências de viagens oferecem opções que vão desde a simples venda da passagem até os pacotes completos. Aqui já entram as promoções de férias Réveillon. Um pacote para Maceió (AL), com passagem aérea, transfers, city tour e sete noites de hotel com entrada em 26 de dezembro, pode sair a partir de R$ 5 mil a R$ 6 mil e chegar até R$ 25 mil por pessoa, dependendo do hotel e dos passeios incluídos.

Há ainda opções para viagens de carro, por conta própria, só com pacote de hotel. No feriado da República (12 a 15 de novembro), por exemplo, é possível ficar no resort Bourbon Foz (em Foz do Iguaçu), por R$ 2,3 mil por pessoa, com três noites e meia pensão (café da manhã e jantar).

Malha aérea em expansão em todo o país

Nesta semana, a companhia aérea Latam anunciou vai operar em outubro com 82% da sua oferta doméstica de assentos em comparação com outubro de 2019 (período anterior à pandemia). Se comparado com outubro de 2020, a oferta de assentos da empresa vai mais que dobrar (220%) neste mês. Ao todo, serão 478 voos nacionais diários da companhia Brasil.

O aumento da oferta é resultado da adição de mais 42 voos domésticos por semana neste mês na comparação com setembro, ligando cada vez mais o país a Guarulhos e Brasília, os seus principais hubs (centros de conexão) nacionais.

Já a Gol previa para setembro 12.385 decolagens, com 412 voos diários, picos de 490 voos/dia no período do feriado da Independência.

E a Azul também anunciou expansão em setembro, beneficiando sobretudo o Paraná. Cidades paranaense ganharam conexão com 14 rotas em todo o país. Curitiba, por exemplo, passou a contar com três novos destinos: Porto Seguro (BA), Maceió (AL) e Natal (RN). A capital paranaense passou a ter ainda mais opções de voos para Campinas (SP) e Campo Grande (MS).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="796717" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]