Rio Grande do Norte promove seus atrativos aos turistas do sul

Martha Feldens

Rio Grande do Norte busca turistas no sul

Animados com o avanço da vacinação e a maior disposição dos brasileiros de viajar, destinos turísticos tradicionais do país fazem campanha para atrair visitantes. O Rio Grande do Norte, estado com pelo menos três destinos muito procurados – Natal, Praia da Pipa e São Miguel do Gostoso – saiu a campo para incentivar os parceiros e promover seus atrativos. A região sul, que é responsável pelo envio de 30 a 40% dos turistas que chegam ao aeroporto de Natal, está no centro dessa campanha. E no Paraná, em particular, o trabalho já começou. A Emprotur (Empresa Potiguar de Promoção Turística) está trabalhando com operadora e agentes de viagens para “vender” o destino aos paranaenses.

A Emprotur faz o trabalho com seu maior parceiro na região, a operadora BWT Turismo, de Curitiba. Segundo o gerente geral da BWT, Gabriel Cordeiro, a operadora tem seis escritórios e trabalha com 1,5 mil agências e 3,5 mil agentes de turismo. A esses agentes, a Emprotur veio reforçar o Rio Grande do Norte como destino seguro  para os turistas ainda em tempos de pandemia.

 

Radar da retomada no Rio Grande do Norte

Bruno Reis, presidente da Emprotur, está pessoalmente envolvido nessa tarefa. Em entrevista ao Paraná Portal, ele se mostrou otimista com a retomada do turismo em seu estado. “O nosso primeiro radar é a malha aérea. O Rio Grande do Norte foi o primeiro estado a chegar a 98% da malha aérea na comparação com a pré-pandemia”, disse. E a própria rede hoteleira também tem informado sobre a retomada do fluxo de turistas, acrescentou.

A expectativa de todo o trade turístico, segundo Bruno Reis, é de uma temporada de verão muito forte. Para isso, até mesmo ligações aéreas com cidades que ainda não tinham voos diretos a Natal devem ser criadas. “Talvez até de Curitiba”, admitiu o presidente da Emprotur.

Pipa, Rio Grande do Norte
Falésias na Praia da Pipa. Foto:  Governo do RN

Um destino de Réveillon, já com pacotes à venda no Paraná e no sul

Como mais um atrativo para os turistas do sul, o Rio Grande do Norte, neste ano, quer também ser conhecido como um destino de Réveillon. Para tanto, Bruno Reis adianta que suas principais atrações turísticas já estão se preparando com uma programação voltada para a data. Haverá shows de grande apelo popular nos hotéis da via costeira de Natal, além da Praia da Pipa e de São Miguel do Gostoso.

Mas quanto custa para um paranaense passar o Réveillon no Rio Grande do Norte? Gabriel Cordeiro, da BWT, diz que há pacotes a partir de R$ 4,9 mil por pessoa com aéreo, hospedagem, café da manhã e transfers. A partir disso, é possível acrescentar os passeios, upgrade de hotel e outros itens. Os pacotes de Réveillon são de sete noites (de 26 de dezembro a 2 de janeiro)  e podem ser financiados em até dez prestações.

O presidente da Emprotur reforça ainda que viajar ao Rio Grande do Norte tem um custo-benefício melhor se comparado a outros estados brasileiros. “As refeições são baratas, os passeios também”, garante ele. Além disso, os atrativos do estado são de fácil acesso. “Temos a BR-101 duplicada, o ir e vir é facilitado”.

Destino seguro, mas turista precisa ter consciência

Bruno Reis faz questão de destacar ainda a preocupação com a segurança sanitária. “Todos os estabelecimentos estão cuidando muito para se manter abertos. No Rio Grande do Norte, além do selo internacional  Safe Travel, adotamos também um selo estadual, o Turismo mais Protegido, e todos os que trabalham na linha de frente estão capacitados. Os municípios onde ficam os principais atrativos também têm a preocupação com os protocolos de segurança”, diz. De qualquer modo, ele admite, o turista precisa ter consciência de que precisa manter seus próprios cuidados para evitar contaminação pelo novo coronavírus.

 

 

 

 

 

 

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="787704" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]