Saiba quem é o acusado do maior massacre da história dos EUA

Jordana Martinez


Redação com agências

O homem apontado como o autor do atentado que matou 58 pessoas e deixou 515 feridas em um festival de música em Las Vegas foi identificado pela polícia. Stephen Paddock, 64 anos era da cidade de Mesquite, no Estado de Nevada, a 130km de Las Vegas.

O atentado é considerado o maior massacre da história recente dos Estados Unidos, superando o atentado na boate Pulse, em Orlando, na Flórida, quando, em junho de 2016, 49 pessoas morreram.

Segundo a BBC, o xerife de Las Vegas, Joseph Lombardo,  Paddock estava hospedado no hotel desde a última quinta-feira (28) e tinha “mais de dez rifles” guardados no quarto.

“Não temos ideia de quais eram suas crenças religiosas. Agora, cremos que se tratava de alguém que agiu de forma isolada”, disse Lombardo.

Ele descreveu o suspeito como um “homem perturbado que pretendia causar fatalidades em massa” e disse que as autoridades não estavam tratando o caso como um incidente de terrorismo.

Clipes de áudio gravados durante o show sugerem que Paddock teria usado um rifle automático no ataque.

Estado Islâmico

Horas antes da coletiva à imprensa, o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do massacre através de sua agência Amaq, ao dizer que o autor do atentado é “um soldado do Estado Islâmico”. Em um segundo comunicado, depois da coletiva, o EI afirmou que Paddock “se converteu ao Islã há vários meses”.

Com as informações sobre o suspeito, a ligação com o EI foi descartada pelo FBI.

A polícia concluíu que Paddock introduziu sozinho, sem colaboradores, as 10 armas que estavam no quarto do hotel, onde estava hospedado desde 28 de setembro.

 

Previous ArticleNext Article
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.