Satisfação do brasileiro com a vida é a menor desde 1999

Mariana Ohde


A satisfação dos brasileiros com a vida bateu um recorde negativo em março, segundo pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística (Ibope) a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em março, o Índice de Satisfação com a Vida caiu para 92,4 pontos, o menor patamar desde que a pesquisa começou a ser feita, em 1999. O resultado representa uma queda de 2,8% na comparação com dezembro de 2015, data da última medição, e de 2,4% em relação a março do ano passado.

Já o medo de desemprego atingiu o segundo nível mais alto desde 1999. O Índice de Medo do Desemprego, em março, foi 106,5. Apenas em julho de 1999 os brasileiros relataram um medo maior de ficar desempregados – o índice, naquele mês, chegou a 107,3 pontos. O indicador de março representa uma alta de 4,1% em relação à última medição, em dezembro de 2015, e de 7,8% em relação a março de 2015. O maior salto no indicador aconteceu entre dezembro de 2014 e março de 2015 e, segundo o instituto, e as expectativas dos brasileiros em relação ao mercado de trabalho continuam piorando. A taxa de desocupação atingiu 10,9% no trimestre encerrado em março. A população desocupada no Brasil ultrapassou os 11 milhões de pessoas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O levantamento foi feito pelo Ibope, sob encomenda da CNI. Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 142 municípios entre 17 e 20 de março.

(Com informações do UOL

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal