Secretaria de Educação promove debates sobre mudanças no ensino médio

Mariana Ohde


A Secretaria de Estado da Educação vai realizar uma série de encontros no estado para debater as mudanças no ensino médio propostas pelo governo federal através de uma Medida Provisória (MP).

No dia 13 de outubro, serão realizadas reuniões nas 32 regionais da Educação no Paraná e a participação é aberta à toda comunidade: pais, estudantes, grêmios estudantis, professores, diretores, pedagogos e técnicos da Secretaria da Educação.

Na manhã desta terça-feira (4) já foi realizada uma webconferência com os chefes dos Núcleos Regionais, para alinhar a organização dos eventos.

“A intenção é tornar o debate o mais amplo possível. Claro que as escolas estão fazendo esses debates ao longo dos últimos dias e os seminários vão servir para alinhar e enriquecer as discussões”, disse a secretária da Educação, professora Ana Seres.

Ensino integral e mudanças nas matérias

Ana Seres explica que há duas frentes na reforma proposta pelo Ministério da Educação.

“Uma é a da ampliação da oferta do ensino integral, ao que vamos aderir, pois já faz parte do nosso programa. Outra é a questão das cinco ênfases, que será a opção do estudante por linguagens, matemática, ciências sociais e humanas, ciências da natureza ou formação técnica e profissional. Isso sim precisa ser bastante debatido para encontrarmos uma fórmula que interesse ao aluno paranaense. Aqui no Estado vamos manter todas as disciplinas”, esclareceu Ana Seres.

A secretária avalia que a reforma, de maneira geral, é positiva para os estudantes.

“Algo precisa ser feito pelo ensino médio brasileiro. É essa etapa que concentra os piores índices de aproveitamento e maior índice de abandono”, resumiu Ana Seres.

Em relação ao impacto das mudanças no orçamento, a Secretaria está fazendo estudos envolvendo as superintendências da Educação (área pedagógica) e de Desenvolvimento Educacional (infraestrutura e matrículas).

Protestos em Curitiba

Cerca de 60 escolas estaduais de Curitiba e região metropolitana realizaram manifestações nesta terça-feira (4) contra as mudanças. Em São José dos Pinhais, os alunos realizaram a primeira ocupação em uma escola estadual contra as medidas de Temer.

Nesta quarta-feira (5), deve ser realizada uma mobilização nacional e, em Curitiba, os alunos devem se reunir na Praça Santos Andrade. Alguns dos colégios paralisaram as atividades e os alunos não devem voltar para a sala de aula antes de uma resposta do governo.

 

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="389368" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]