Após infração em indulto, Suzane Von Richthofen perde direito ao regime semiaberto

Andreza Rossini


A detenta Suzane Von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por matar os pais, perdeu o direito ao regime semiaberto após sair do presídio no indulto do dia das mãe e mentir para a justiça sobre o endereço no qual ficaria hospedada.

A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (10), pela juíza da Vara de Execuções Criminais de Tremembé, Wania Regina Gonçalves da Cunha.

A decisão provisória foi comunicada à direção da Penitenciária Santa Maria Eufrasia Pelletier, em Tremembé, no interior de São Paulo e Suzane já foi transferida para outra ala da unidade prisional.

O advogado de Suzane, Rui Freire, já afirmou que vai entrar com recurso. Ele afirma que a detenta informou que iria para a casa de uma amiga que conheceu no presídio, mas o endereço na ficha da presa estava desatualizado.

Ela foi detida no domingo (8), dois dias antes do prazo concedido no indulto.

Previous ArticleNext Article