Terremoto provoca destruição em San Juan, na Argentina

Redação

terremoto em san juan, argentina

Um terremoto de magnitude 6,4 graus na escala Richter sacudiu a província de San Juan, na Argentina, pouco antes da meia noite desta segunda-feira (18). Segundo o Inpres (Instituto Nacional de Prevenção Sísmica), o terremoto correu a uma profundidade de apenas 8 km com epicentro em Sarmiento (57 km a sudoeste da cidade de San Juan). Sua intensidade, que mede como foi percebido e os danos que causou, foi estimada em graus VI a VII em áreas de Sarmiento, Pocito e Calingasta, e de V a VI no coração da cidade de San Juan.

 

Segundo o jornal Diário de Cuyo, o terremoto dividiu estradas, jogou pilares, danificou casas, derrubou casas precárias, derrubou tetos e gôndolas cheias em supermercados e criou uma situação pânico muito difícil de controlar, especialmente após vários tremores secundários, que começaram na terça-feira.

 

O Inpres confirmou que esse terremoto foi o pior já experimentado desde o histórico terremoto de Caucete, em 1977, que teve magnitude de 7,4, intensidade de grau IX e profundidade de 17 km. Naquela oportunidade, houve quase cem mortos. Desta vez ainda não há informações de vítimas.

 

O terremoto da noite passada  foi sentido pelo menos em toda região de Cuyo e nas províncias de La Rioja, Catamarca, Córdoba e Buenos Aires.

Leia também: Acidente na PR-323, envolvendo três veículos, deixa duas pessoas mortas

Previous ArticleNext Article