PF deflagra operação contra tráfico de drogas na fronteira com o Paraguai

Andreza Rossini


A Polícia Federal deflagrou a operação Malote, na manhã desta sexta-feira (28), em Cascavel, no oeste do Paraná. A força-tarefa é contra uma rede de narcotraficantes, responsáveis por trazer grandes carregamentos de drogas para o Brasil, segundo a PF.

As investigações duraram dois anos. Nesse período foram apreendidos 160 quilos de cocaína e 39 toneladas de maconha.

À principal organização criminosa é  em Umuarama, no noroeste do Paraná e tem ramificações no Mato Grosso do Sul. Ela é responsável pelo fornecimento de drogas em grande escala a grupos criminosos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e na região Nordeste do Brasil.
WhatsApp Image 2017-04-28 at 09.21.25Os bens ligados aos suspeitos foram apreendidos ou bloqueados pela Receita Federal e encaminhados para a Justiça Federal. Entre os bens estão armas, lanchas e casas luxuosas.

Investigações

Durante as investigações a PF se encontrou 16 carregamentos de drogas, em 5 estados da Federação, que resultaram na prisão de 21 pessoas, além de apreensões de drogas.

A PF solicitou a quebra de sigilo das mensagens trocadas por WhatsApp pelo grupo, que até o momento não foi liberada pela operadora, o que gera multa cumulativa de aproximadamente R$ 2 bilhões.

Os investigados vão responder pelos crimes próprios da Lei Antidrogas e da Lei de Combate ao Crime Organizado, além dos delitos de corrupção ativa e passiva, previstos no Código Penal, no caso dos agentes públicos envolvidos, o que os sujeita a penas superiores a 40 anos de prisão.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="427755" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]