Moda e Comportamento
Compartilhar

Livros de Murilo Rubião são indicados ao Prêmio Jabuti

Com Metro JornalO Prêmio Jabuti 2017 acaba de selecionar dois livros de autoria de Murilo Rubião para concorrer à premia..

Guilherme Grandi - 09 de outubro de 2017, 10:00

Conto ‘O Edifício’, do autor mineiro Murilo Rubião, ganhou ilustração e projeto gráfico de Nelson Oliveira. [foto: divulgação]
Conto ‘O Edifício’, do autor mineiro Murilo Rubião, ganhou ilustração e projeto gráfico de Nelson Oliveira. [foto: divulgação]

Com Metro Jornal

O Prêmio Jabuti 2017 acaba de selecionar dois livros de autoria de Murilo Rubião para concorrer à premiação.

Escritor e jornalista, Murilo Rubião representa um dos grandes nomes da literatura fantástica brasileira, sendo conhecido por obras como “O Ex-Mágico”, “Os Dragões e Outros Contos”, “A Casa do Girassol Vermelho” e “A Armadilha”.

A trilogia dos livros indicados, lançada pela Editora Positivo em 2016 para comemorar o centenário de Murilo Rubião, é composta pelas obras “Bárbara”, “Teleco, o Coelhinho” e “O Edifício”, cujas duas últimas foram selecionadas para concorrer ao prêmio na categoria Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil.

A obra “Teleco, O Coelhinho” reúne contos que questionam a existência humana e a metamorfose, em uma tentativa de adaptar o mundo. O livro de 48 páginas foi ilustrado em lápis nanquim e ecoline.

A obra foi ilustrada por Odilon Moraes, que já soma uma série de prêmios como o prêmio de Melhor Livro do Ano para Crianças, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, o prêmio Melhor Livro Teórico do Ano e dois prêmios Jabutis de 2009.

Além dele, também concorre ao prêmio o ilustrador Nelson Cruz, pela obra “O Edifício”. Autor de 22 livros, o artista já recebeu 5 prêmios Jabutis, o prêmio ABL de Literatura Infanto-Juvenil e o prêmio Monteiro Lobato de Literatura Infantil e Juvenil.

Fazendo uma alegoria à condição humana em um conto angustiante sobre a vida, a obra de Murilo Rubião conta com 48 páginas, ilustradas por Nelson Cruz com tinta acrílica e caneta nanquin.

Junto ao conto “Bárbara”, ambos os livros foram lançados pela Editora Positivo em uma edição especial, cuja ilustração traz formatos e projetos gráficos que ampliam o peso da obra de Murilo Rubião, e aproximam o público do seu trabalho e do gênero de ficção fantástica.