A Agroindústria
Compartilhar

20 árvores são plantadas em escolas de Boa Vista da Aparecida

A Escola Municipal Padre Jandir Zanchettin e o CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) Herminia Morais Weiss foram ..

Francielly Azevedo - 01 de julho de 2017, 10:46

A Escola Municipal Padre Jandir Zanchettin e o CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) Herminia Morais Weiss foram arborizadas nesta última semana do mês de junho. A prática, promovida pela Divisão de Meio Ambiente em parceria com a Secretaria de Educação, foi em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, que foi no dia 05 de junho, mas foi comemorado durante todo o mês em Boa Vista da Aparecida.

Rafaela Ganzala, engenheira ambiental do município, explica que essas escolas não tinham árvores e a ação foi necessária. “Nós aproveitamos esse momento para fazer essa ação e aproveitar para utilizar as crianças, para eles verem como se faz o plantio de árvores”, afirma Rafaela.

A atividade, importante para a educação ambiental das crianças, fez com que os pequenos se sentissem mais próximos à natureza e, segundo Rafaela, acolhidos por ela. “Foi muito legal, eu achei maravilhoso. É uma atividade que deve ser uma coisa recorrente, porque as crianças amaram, nós sentimos que elas gostam dessas atividades em meio à natureza”, conta Rafaela.

Foram 20 árvores doadas pela Copel, sendo 11 plantadas na escola municipal Padre Jandir Zanchettin e 9 plantadas no CMEI Herminia Morais Weiss. Quem fará a manutenção das plantas será o setor de Urbanismo, orientado pela engenheira ambiental.

As árvores foram enviadas pelos técnicos da Copel em um tamanho acima do comum, para que sejam mais resistentes e não precisem de proteção caso as crianças esbarrem nas mudas. Periodicamente, serão adubadas, molhadas e podadas.

Ainda segundo a engenheira, existem estudos que comprovam a eficiência do contato com a natureza no bem estar e na saúde, diminuindo o stress e a depressão. “Então é muito importante desde pequeno estar fazendo esse tipo de atividade”, comenta Rafaela.

A ação foi o pontapé inicial para outros estudos que possibilitarão mais plantio de árvores em outros locais. As árvores a serem plantadas em próximas atividades como estas serão as mais propícias para o ambiente, árvores nativas, que mais se adaptam às condições climáticas da região. O plantio em vias públicas também será analisado e haverá incentivo para que as pessoas se interessem em plantar árvores em suas residências.