Ex-parceiro de Guga ensina tênis para crianças carentes no Paraná

Francielly Azevedo


Da AEN

Quando o brasileiro Gustavo Kuerten, o Guga, chegou ao topo do tênis mundial ao conquista pela primeira vez o campeonato de Roland Garros, em 8 de junho de 1997, era difícil de acreditar que o triunfo do atleta, além de popularizar o tênis no país do futebol, ainda renderia bons frutos, duas décadas depois. Parte dessas sementes é germinada diariamente no bairro São Braz, em Curitiba, que abriga a sede do Instituto Ícaro. Criado em 2003 pelo tenista Eduardo Marcolin, a associação atende atualmente 2,5 mil crianças, a grande maioria estudantes de 31 escolas públicas da capital paranaense.

A ideia para a criação do Instituto nasceu em 2001 durante uma parceria entre Marcolin e Guga, que naquela época estava à frente do projeto Jogue Tênis Brasil. A iniciativa despertou o interesse de Eduardo, que já no ano seguinte começou a dar aulas de tênis para crianças carentes de Curitiba e buscou colaboradores para iniciar a associação, que atualmente oferece aos alunos de baixa renda e de escolas públicas as mesmas atividades que são encontradas nas escolas privadas de tênis. “Usamos os mesmos equipamentos, as mesmas bolas, as mesmas raquetes e, principalmente, a mesma metodologia de ensino da rede privada”, diz.

Foto: Ricardo Almeida / ANPr
Foto: Ricardo Almeida / ANPr

Para crianças e jovens que não estão matriculados na rede pública de ensino, o Instituto Ícaro oferece também aulas em nove unidades da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude da Capital. “Conseguimos garantir em Curitiba que qualquer criança que se interesse, e que queira praticar o tênis e ter os benefícios que o esporte pode trazer, consiga fazê-lo”, garante o tenista.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.