A Agroindústria
Compartilhar

Experimento com potes de arroz mostra o poder das palavras

Redação com Daiane Andrade | BandNews FM CuritibaUm experimento inspirado na pesquisa de um cientista japonês mudou comp..

Fernando Garcel - 01 de junho de 2017, 14:40

Redação com Daiane Andrade | BandNews FM Curitiba

Um experimento inspirado na pesquisa de um cientista japonês mudou completamente a forma como os alunos de uma escola particular de Curitiba lidam uns com os outros e o resultado viralizou nas redes sociais. A ideia de aplicar a Teoria de Masaru Emoto (Massáru Emôto), sobre o poder dos pensamentos e das palavras, foi da professora de educação física Ana Paula Frezatto que colocou potes de arroz e os expôs a palavras boas e ruins. O objetivo era diminuir o atrito entre as crianças e o resultado surpreendeu.

"Muitas crianças e muitos adolescentes tem essa questão de 'te odeio, quero você longe de mim' e a internet me ajudou com a pesquisa "O poder das águas" de Masaru Emoto. O meu feedback para eles foi assim: 'se o arroz que tem a formação dentro da água apodreceu, como essa informação estaria refletindo dentro de nós?'", disse a professora.

Usando dois potes com arroz cozido dentro, ela orientou os estudantes para que dissessem coisas ruins, que elas costumam ouvir no dia a dia, para um dos recipientes, que foi selado em seguida. Entre outras coisas, os alunos disseram que o arroz não servia para nada, que era imprestável, burro e que não conseguia fazer nada de bom. Na sequência, foi a vez das frases boas e positivas ditas ao outro vidro, que também foi fechado. Neste, os alunos disseram frases como “você é especial”, “você tem capacidade” e “você consegue fazer qualquer coisa”. Depois disso, bastou esperar.

Os dois potes de vidro do experimento feito com as crianças tinham as mesmas características e foram expostos às mesmas condições ambientais. E a professora não descarta a possibilidade de desenvolver novas iniciativas como esta para conscientizar os alunos da importância e do peso das palavras.

"Confesso que não achei que teria esse resultado. Para todas as turmas que eu trabalho, eu disse que não sabia se daria certo. Foi muito legal. Eu tenho que cuidar das minhas semeaduras, porque a colheita vai vir e o que você vai colher?", diz Ana Paula.

Energia das palavras

A teoria do cientista japonês defende que cada pensamento ou palavra proferida gera uma emoção e uma reação bioquímica correspondente, e que isso se manifesta no organismo por meio de três sistemas: imunitário, nervoso central e endócrino.

Para testar essa hipótese, o pesquisador congelou água, que é capaz de absorver informações na forma de diferentes elementos, em frascos de vidro com palavras escritas voltadas para o líquido. Depois, ele usou uma câmera especial para fotografar os cristais formados sob a influência das palavras negativas e positivas. O resultado revelou que os mais belos cristais foram os que receberam palavras de amor e gratidão. O restante, que esteve diante de palavras de ódio e rancor, ficou completamente distorcido.