Aplicativo de serviços para pets tem três mil cadastros em um ano

Redação

aplicativo iPatas para pets

O aplicativo iPatas, lançado em junho de 2020, registrou três mil cadastros e sete mil downloads em um ano de funcionamento. A plataforma atua no interior do Paraná, com o objetivo de fornecer produtos e serviços para os tutores de pets.

A atividade do iPatas começou em Maringá e hoje atua também em Londrina e cidades vizinhas como Cambé, Arapongas e Sarandi. Ainda nesse ano, a operação será estendida para outras regiões do Paraná. “Recebemos um aporte financeiro de um investidor com atuação nacional e isso amplia ainda mais nosso projeto de consolidação e expansão do iPatas”, diz Felipe Ramalho, um dos sócios da empresa.

Ao baixar o aplicativo, o cliente cadastra o endereço de entrega para que a plataforma busque prioritariamente por parceiros mais próximos. Para localizar os produtos e serviços, existem filtros por tipos de animais e por categorias de compras, como alimentos, higiene, saúde, brinquedos, entre outras. Além de fazer compras pelo iPatas e receber em casa, é possível agendar serviços como hospedagem, banho, tosa e adestramento por meio da plataforma.

Segundo o levantamento da Euromonitor International, o Brasil se tornou o segundo maior mercado de produtos pet, com 6,4% de participação global, pela primeira vez acima do Reino Unido (6,1%), perdendo apenas para os Estados Unidos, que detém 50% do mercado. Nos últimos cinco anos, o setor de acessórios e alimentos para pets cresceu 87%.

De acordo com Instituto Pet Brasil, o faturamento total do segmento, que inclui indústria e varejo, foi de R$ 35,4 bilhões até o terceiro trimestre de 2019, o que significa um crescimento de 3% sobre o ano anterior inteiro, que registrou R$ 34,4 bilhões. No Produto Interno Bruto (PIB) do país, esses dados representam uma fatia de 0,36%, superior aos segmentos de utilidades domésticas e de automação industrial, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).

O Brasil é um mercado bastante promissor e o Paraná um dos principais estados que fomentam o setor. Dados do Censo Pet, estudo feito pelo Instituto Pet Brasil, apontam que para cada três pessoas, há dois pets no estado. “Com esses números crescentes, o setor busca inovar para atender aos tutores de animais de estimação, que buscam cada vez mais facilidades que garantam o bem-estar animal”, afirmou Felipe Ramalho.

Os cuidados com os pets vão além do carinho e a tecnologia é uma aliada no dia a dia. “Encontrar em um único aplicativo lojas que comercializam ração, medicamentos e outros produtos, além de clínicas veterinárias, serviços de agendamento de banho e tosa, hospedagem, creche e recreação e adestramento significa um ganho de tempo e uma economia financeira, pois é possível pesquisar e escolher os melhores produtos e preços na palma da mão e ainda receber em casa com agilidade ou escolher a entrega agendada”, destacou.

O iPatas surgiu em um trabalho realizado por Ramalho e seus sócios ao cursar um MBA na Fundação Getúlio Vargas (FGV). O processo de desenvolvimento da plataforma, criação da marca registrada e o lançamento do aplicativo levaram cerca de um ano.

O aplicativo pode ser baixado de forma gratuita nas lojas virtuais do Google (Google Play) e da Apple (App Store). Para os lojistas não há cobrança de tarifa de entrada ou mensalidade, apenas uma comissão sobre as vendas realizadas por meio da plataforma. Para fazer parte do aplicativo de produtos e serviços para pets, os lojistas devem entrar em contato pelo email  comercial@ipatas.com.br ou pelo telefone (44) 3224-0118.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="780157" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]