Congresso Brasil-Alemanha irá abordar inovação e sustentabilidade

Redação

Congresso Brasil-Alemanha de Inovação e Sustentabilidade

O Congresso Brasil-Alemanha de Inovação aborda, a partir desse ano, também o tema de sustentabilidade, passando a se chamar Congresso Brasil-Alemanha de Inovação e Sustentabilidade (CBAIS). O evento será on-line nos dias 23 e 24 de setembro com o tema ‘Tools for the future’ (ferramentas para o futuro).

O congresso é organizado pela Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo) e reunirá em uma plataforma digital especialistas que vão discutir as principais tendências que estão transformando a sociedade e o ambiente empresarial.

“Inovação e sustentabilidade são pautas que inevitavelmente caminham juntas. Para ser disruptiva, uma solução precisa, necessariamente, compreender o conceito de responsabilidade com o futuro, que contará cada vez mais com tecnologias e modelos de negócios sustentáveis”, explicou Bruno Vath Zarpellon, diretor de inovação, tecnologia e sustentabilidade da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo.

Além de palestras e painéis, o evento oferece oficinas e uma sessão de matchmaking com startups que passaram pelo programa Startups Connected, programa de aceleração de projetos de inovação entre startups e grandes empresas alemãs.

Entre os destaques da programação do primeiro dia estão a palestra sobre Sociedade 5.0 que será ministrada por Gil Giardelli, Co-Founder da 5 ERA e professor na ESPM; e a participação do professor Stephan von Delft, da WWU Münster, para falar sobre modelos de negócios inovadores e sustentáveis. Além disso, terão palestras sobre transformação digital e digitalização do ciclo do produto em uma cadeia circular, ministradas respectivamente pelo professor Heiko Gebauer, do Fraunhofer Center for International Management and Knowledge Economy, e Daniel Scuzzarello, CEO e diretor presidente da Siemens na América do Sul.

O dia contará ainda com painéis sobre o papel do 5G, servitização da indústria, como balancear o retorno financeiro e estratégico no Corporate Venture Capital e criação e gestão de comunidades. Para estas discussões, estão confirmados os seguintes executivos e especialistas: Oliver Niese, VP digital business da Festo; Paulo Alvarenga, CEO da thyssenkrupp Brasil; João Visetti, CEO da Trumpf Brasil; Daiani Nogueira, head of South America digitalization of production and technology da BASF; José Borges Frias Jr., corporate innovation head na Siemens; David Domingues, do Instituto Fraunhofer IPK; e Newton Campos, diretor acadêmico da Faculdade Getúlio Vargas (FGV).

Já na data seguinte, os participantes vão acompanhar discussões sobre cleantechs, a importância do ESG para toda cadeia de valor, a evolução do mercado de carbono e o potencial do hidrogênio verde, a partir da visão de grandes especialistas nos temas tratados: Sergio Jacobsen, CEO da Siemens Smart Infrastructure; Luiz Antonio Mello, business development manager da thyssenkrupp; Eduardo Soriano Lousada, diretor da Secretaria de Empreendedorismo e Inovação do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação; Henrique Paiva, head of government affairs and sustainability da Siemens; Carolina Learth, superintendente de desenvolvimento de negócios nustentáveis do Santander Brasil; Luis Adaime, CEO da Moss.Earth; e Tobias Birwe, sales director fertilizer and methanol da thyssenkrupp.

O segundo dia de evento se encerrará com o pitch das startups participantes da 6ª edição do programa Startups Connected.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="787245" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]