Negócios Locais
Compartilhar

Empresa que atua na exportação de papéis faz novas doações para o combate à Covid-19

A Klabin, empresa que atua na produção e exportação de papéis, fez novas doações para auxiliar no combate à Covid-19 no ..

Redação - 20 de maio de 2021, 17:40

Ortigueira (PR) - O presidente interino Michel Temer participa da inauguração da nova fábrica de celulose da empresa Klabin, em Ortigueira, no interior do no Paraná (Isac Nóbrega/PR)
Ortigueira (PR) - O presidente interino Michel Temer participa da inauguração da nova fábrica de celulose da empresa Klabin, em Ortigueira, no interior do no Paraná (Isac Nóbrega/PR)

A Klabin, empresa que atua na produção e exportação de papéis, fez novas doações para auxiliar no combate à Covid-19 no Paraná. Foram auxiliados os municípios da região de Telêmaco Borba, que compõem a 21ª Regional de Saúde.

A empresa disponibilizou concentradores de oxigênio para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Telêmaco Borba, além de bombas de infusão de medicamentos e alimentos, equipamentos de proteção individual para as equipes de saúde, como aventais descartáveis, luvas, máscaras PFF2 e cirúrgicas, para os municípios de Curiúva, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

Também foram doados 250 testes rápidos de antígeno para Sapopema e um aparelho de raio-X móvel para o Hospital Luíza Borba Carneiro, de Tibagi.

A Klabin também apoia as obras da farmácia da 21ª Regional, em Telêmaco Borba, que foram iniciadas no dia 3 de maio e devem ser entregues até o final deste mês. A iniciativa visa contribuir para a melhora da estrutura do local, que armazena insumos importantes, como vacinas contra a Covid-19 e medicamentos que necessitam ficar em um sistema com condições especiais.

Até a semana passada, já tinham sido doados mais de 5 milhões de reais ao estado do Paraná para o combate ao coronavírus, com ações voltadas à saúde e assistência social. Para os municípios da 21ª Regional, já foram entregues a reforma do hospital regional de campanha, respiradores e testes para a detecção do coronavírus.

Além disso, foram contratados profissionais de saúde para apoio e doados insumos químicos para higienização, frascos de álcool em gel, medicamentos do “kit intubação” e respiradores.