Designer apresenta projeto de moda para crianças com autismo

Redação

moda para crianças com autismo

O programa Mueller Social apresenta o trabalho da designer de moda Júlia Nycolack. Lançado em Curitiba através de um trabalho de conclusão de curso, a designer  criou o projeto Tico&Tica Sensory, que apresenta peças de roupas pensadas para crianças com autismo. As peças são criadas para levar conforto e adequação ao estilo de vida dos pequenos. Contribuindo com a divulgação do projeto, o Shopping Mueller levou a profissional para expor seu trabalho no M. Social.

Os trabalhos ficam expostos até o  dia 30 de janeiro.  São 30 itens divididos em moda para festa, dia a dia, escola e para terapias. Segundo Júlia, o diferencial desses modelos está na adaptação ao corpo da criança com autismo, na qualidade do material e em suprimir texturas e etiquetas para não causar incomodo. “O trabalho contou com muita pesquisa, entrevistas e acompanhamento das 144 crianças que utilizaram as peças, moldando a todas as necessidades e garantindo que as roupas apresentassem técnica, ergonomia e estética para os pequenos”, explica.

A designer de moda teve um motivo especial para criar o projeto: depois que seu filho nasceu, ele foi diagnosticado com Transtorno de Espectro Autista (TEA) e apresentou Transtorno do Processamento Sensorial (TPS). Para garantir a qualidade de vida para o pequeno, hoje, com três anos de idade, Júlia começou a estudar sobre técnicas e especificações para melhorar as peças de roupas do seu filho. Durante as suas pesquisas, descobriu um público de mais de 2 milhões de autistas no Brasil.

 

“Esse projeto foi a forma que eu encontrei de ajudar as crianças e me realizar como profissional. E com a parceria do Shopping Mueller, posso apresentar esse projeto, divulgando seus benefícios e suas qualidades a investidores”, destaca a designer de moda, que já teve o projeto selecionado para o desfile do Prêmio Brasil de Moda Inclusiva, que acontece em março deste ano.

 

Espaço M. Social, além da moda

O espaço M. Social foi desenvolvido pelo Mueller para aproximar os curitibanos das entidades e projetos sociais locais. O ambiente está na praça de eventos e conta com toda a estrutura necessária para que as instituições exponham seu trabalho, gerem cadastros de voluntários e arrecadem fundos para a manutenção de seus projetos. O espaço, localizado no piso L4, pode ser usado por até 15 dias por cada instituição, gratuitamente.

 

Leia também: Startups locais trocam informações com estudantes de escola de negócios alemã

Previous ArticleNext Article