Negócios Locais
Compartilhar

Empresa cresce 60% em 2021 com equipamentos para laboratórios e indústrias

A empresa Kasvi, localizada em São José dos Pinhais, cresceu 60% em faturamento no ano de 2021. O modelo de negócio é ba..

Redação - 27 de dezembro de 2021, 12:07

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A empresa Kasvi, localizada em São José dos Pinhais, cresceu 60% em faturamento no ano de 2021. O modelo de negócio é baseado em uma marca própria, com fornecedores internacionais e foco na qualidade e atendimento de referência, com produtos e equipamentos para laboratórios e indústrias.

“A pandemia gerou oportunidades, mas também grandes desafios. Através do relacionamento que temos com fornecedores internacionais, conseguimos manter o abastecimento no Brasil, mesmo com a falta de material mundialmente. Homologamos a marca Kasvi em grandes centros de pesquisa e crescemos 60% em faturamento, se comparado a 2020”, afirma Emerson Santos, gerente de unidade da Kasvi.

A empresa tem um business B2B2C, atuando nas áreas de biologia molecular, microbiologia, cultivo celular, pesquisa, indústria, bioquímica, qualidade, imunologia e veterinária, com grandes parceiros e clientes em todo país. A Kasvi faz parte de um grupo de empresas que atua há mais 20 anos no segmento de saúde.

São mais de dois mil produtos na linha, fornecidos a uma base de mil clientes por mês em todo o Brasil, desde consumíveis até equipamentos para laboratório. Entre os principais clientes, laboratórios de pesquisa científica e de análise de alimentos e água.

Além do crescimento impactado pela Covid-19, a empresa também se posicionou fortemente na área industrial nos últimos meses. “Nossa equipe comercial mapeou a necessidade que as indústrias têm de análise de alimentos e também na área farmacêutica. Esse será nosso foco para 2022”, complementa Santos.

No setor alimentício, a ANVISA estabeleceu através da RDC 12 de 2001 os padrões microbiológicos sanitários para alimentos, em que determina critérios para a conclusão e interpretação dos resultados das análises microbiológicas de alimentos destinados ao consumo humano. Assim, testes moleculares são indispensáveis para a liberação do alimento ao consumo humano. Outra área que está crescendo é a farmacogenômica, que traz como diferencial a oferta de medicamentos e tratamentos antes inexistentes, para doenças raras ou não tratadas previamente.

Segundo Santos, um dos pontos fortes da Kasvi é o atendimento personalizado, com equipe de apoio científico, treinamentos, programa de relacionamento, estoque permanente e compromisso na entrega. “Em torno de 70% dos pedidos saem para entrega no mesmo dia que recebemos e, o restante, no dia seguinte. Nosso setor de planejamento faz um alinhamento de demandas com os clientes e fornecedores. E nossa estrutura física está apta a manter esse abastecimento, afinal, o atraso de um produto não pode afetar uma pesquisa científica. Nós impactamos positivamente a saúde e a qualidade de vida”, finaliza.