Farmácia de manipulação de Curitiba prevê faturamento 35% maior do que 2020

Redação

farmácia Miligrama aumento no faturamento

A farmácia de manipulação Miligrama, em Curitiba, prevê um faturamento 35% maior em relação ao ano passado. De acordo com os responsáveis pela empresa, a projeção positiva tem relação com as vendas on-line na área fitoterápicos, suplementos, dermatologia, nutrição, odontologia, ortomolecular, homeopatia, florais e medicamentos em geral, incluindo os controlados da portaria 344.

Uma pesquisa recente divulgada pela Conversion mostra que o comércio eletrônico registrou em fevereiro 1,49 bilhão de acessos, o que marca um aumento de 21% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Ao todo, são mais de 1200 produtos da farmácia de manipulação cadastrados no e-commerce, também com atuação em marketplaces. Com 16 anos de atuação, a farmácia tem como missão atender às pessoas em todas as fases da vida, dos bebês até a melhor idade, manipulando receitas de forma física e on-line e vendendo produtos manipulados através de seu site.

“O segmento de saúde em geral teve um amento significativo durante a pandemia e foi o que mais cresceu em 2020, com tendência a continuar subindo em 2021”, afirma Paulo Morais, um dos sócios e VP da Miligrama.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="782675" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]