Honey Island e 4UM lançam fundo de R$ 100 milhões para investir em fintechs e SaaS B2B

Redação

Empresas paranaenses se unem na criação de um novo veículo de venture capital
Novo fundo de investimento

A Honey Island Capital, empresa de venture capital criada pelos fundadores do EBANX, e a 4UM Investimentos, gestora de recursos paranaense especializada no investimento em ações, estão estruturando em conjunto um novo fundo de investimento em participações. Com até R$ 100 milhões destinados a aportes, o Honey Island by 4UM investirá em fintechs e startups de SaaS B2B que promovam o acesso de pessoas físicas e jurídicas a melhores serviços financeiros e aumentem a produtividade de empresas por meio da tecnologia. O fundo pretende investir em até 15 empresas de tecnologia early stage, com aportes pré-seed e seed entre R$ 1 milhão e R$ 5 milhões, e co-investir em rodadas Séries A e B nos próximos 4 anos.

No mercado financeiro, o veículo buscará startups que operam com inovação em meios de pagamento, investimentos, crédito, criptoativos, câmbio e seguros. O sócio da Honey Island Capital, Leonardo Jianoti, conta que o foco no ecossistema de fintechs é natural devido à experiência dos grupos em construir e/ou investir em empresas que se tornaram protagonistas neste espaço no ecossistema latino-americano, como EBANX, Contabilizei, Junto e Open Co.

“A intensa agenda de inovação dos órgãos reguladores, com iniciativas como o Pix e o Open Banking, e o amadurecimento de novas tecnologias como blockchain abrem espaço para o desenvolvimento de novas soluções. Além disso, os serviços financeiros digitais permitem que empresas de outros setores tenham um aumento de escala e eficiência, atingindo novos clientes, mercados e verticais”, explica Jianoti.

O fundo é resultado de uma parceria entre dois players complementares, com expertise em venture capital e mercado de capitais. Atuando com investimentos em startups desde 2015, a Honey Island Capital foi criada pelos fundadores do EBANX com o objetivo de ajudar a lançar uma nova geração de companhias globais, nascidas localmente. Em 5 anos construiu liderança no ecossistema e se posicionou entre os principais players de capital de risco early stage no sul do Brasil. Com mais de R$ 5 bilhões sob gestão, por sua vez, a 4UM Investimentos realiza a gestão de mais de 50 veículos de investimentos e tem mais de 20 anos de experiência em gestão de recursos, em especial fundos de ações, hoje classificados entre as melhores relações risco-retorno de suas categorias.

Parceria entre as empresas permitiu criar fundo feito por e para empreendedores

Para uma gestora especializada em ações como a 4UM, a estruturação de um veículo de investimento com foco em venture capital foi algo natural. “Compreender e estar inserido no ecossistema de inovação e tecnologia é cada vez mais importante para a identificação das melhores oportunidades de investimento, tanto em empresas nascentes, foco do Honey Island by 4UM, quanto em companhias abertas, foco de nossos fundos de ações, que convivem cada vez mais com ameaças e oportunidades vindas deste espaço”, destaca Leonardo Boguszewski, sócio e CEO da 4UM.

Considerando a evolução do ecossistema de inovação brasileiro, a sócia da Honey Island Capital, Mariana Foresti, explica que o fundo é “feito por e para empreendedores e tem o propósito de ajudar fundadores a tomarem as melhores decisões desde o primeiro dia, com a experiência prática de quem já empreendeu e liderou empresas”. Os dois primeiros veículos de investimento da Honey Island realizaram 15 aportes, totalizando R$ 15 milhões investidos. No portfólio da empresa estão ou já estiveram startups como Omnichat, Juno, TROC, Tecnofit, Kyte, Comunica In e Transfeera.

Além disso, a experiência e o foco na tese voltada a fintechs e SaaS B2B contribui para acelerar negócios destes segmentos, com um time de gestores e de fundadores de empresas atuando como mentores do portfólio de investidas. Estas conexões também contribuem para que as startups em early stage tenham acesso a futuras rodadas de captação com investidores focados nos estágios seguintes, bem como se aproximem de aceleradoras e serviços de apoio a startups e explorem possíveis oportunidades estratégicas.

A importância de ativos alternativos dentro de um portfólio de investimento, por fim, é outro ponto relevante para a constituição do veículo, ressalta Mauricio Bianchini, Head de Wealth Management da 4UM. “Por meio do Honey Island by 4UM aproximaremos investidores das companhias investidas, possibilitando exposição a um investimento com baixa correlação com outros ativos. Sem falar nas oportunidades de coinvestimento”.

O fundo de R$100 milhões está em fase final de captação. Entre os investidores estarão os sócios da 4UM e da Honey Island Capital, family offices e investidores individuais, incluindo mentores e empreendedores ativos no ecossistema brasileiro de inovação.

Highlights

  • ● O Honey Island by 4UM é um fundo de investimento em participações gerido pela 4UM Investimentos que contará com a consultoria especializada da Honey Island Capital;
  • ● O veículo captará até R$ 100 milhões para investimentos em negócios inovadores, com foco em startups latino-americanas do ecossistema de fintechs e de SaaS B2B;
  • ● O investimento será feito em até 15 empresas de tecnologia early stage, com aportes pré-seed e seed entre R$ 1 milhão e R$ 5 milhões, com aproximadamente 40% do fundo dedicado a acompanhar rodadas futuras das empresas em Séries A e B;

Sobre a Honey Island Capital

Criada em 2015 pelos fundadores do EBANX, a Honey Island Capital tem o objetivo de ajudar a lançar uma nova geração de companhias globais, nascidas localmente. Em 5 anos, a empresa construiu liderança no ecossistema e se posicionou entre os principais players de capital de risco early stage do Brasil. Os dois primeiros veículos de investimento da empresa realizaram 15 aportes, em um total de R$ 15 milhões. A Honey Island Capital tem em seu portfólio startups como Omnichat, Troc, Kyte, Comunica In e Transfeera.

 

Sobre a 4UM Investimentos

A 4UM Investimentos é uma gestora de recursos com sede em Curitiba, com mais de R$ 5 bilhões sob gestão. Com foco em pessoas físicas, pessoas jurídicas e investidores institucionais, a empresa é responsável pela gestão de mais de 50 veículos de investimento, com destaque para os seus fundos de ações, classificados entre as melhores relações risco-retorno de suas categorias.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="800133" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]